Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/2656
acessibilidade
Title: Formação em competências multiculturais de profissionais de acolhimento institucional de crianças e jovens
Authors: Pacheco, Pedro Manuel Gonçalves
Orientador: Moleiro, Carla
Keywords: Competências multiculturais
formação de competências
institucionalização de crianças e jovens
desenvolvimento profissional
Multicultural competencies
competence training
residential care for children and youth
professional development
Issue Date: 26-Apr-2011
Citation: PACHECO, Pedro Manuel Gonçalves - Formação em competências multiculturais de profissionais de acolhimento institucional de crianças e jovens [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2009. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/2656>.
Abstract: A literatura tem revelado uma crescente preocupação pelo facto das instituições de acolhimento de crianças e jovens não atenderem às necessidades específicas de crianças de minorias étnicas e das suas famílias. Em linha com a Declaração Universal dos Direitos das Crianças, diversos autores defendem que é fundamental que as instituições de acolhimento garantam a estas crianças e jovens oportunidades de contacto com a sua cultura, religião e história, numa base rotineira. Contudo, a formação de profissionais em competências multiculturais tem sido escassa, em particular em Portugal. O presente estudo pretendeu desenvolver um programa breve de formação de competências multiculturais dirigidas a profissionais (técnicos e educativos). Para esse efeito, foi realizado um estudo quase-experimental (N=30), com avaliação de competências multiculturais antes e após a intervenção. O grupo de controlo não recebeu formação, tendo igualmente sido avaliado em dois momentos, coincidentes com os do grupo experimental. A avaliação de competências multiculturais foi realizada por duas medidas: (1) um questionário de auto-relato e (2) uma medida de avaliação objectiva baseada num caso hipotético apresentado. Os resultados foram analisados quantitativa e qualitativamente. Relativamente à avaliação quantitativa de competências multiculturais através de auto-relato, não foram encontradas diferenças estatisticamente significativas. Contudo, a avaliação objectiva permitiu uma análise qualitativa que revelou que os profissionais do grupo experimental foram mais capazes de incluir elementos referentes à cultura após a intervenção na sua definição de estratégias e de aspectos relacionais da intervenção. São discutidas as implicações dos resultados para futuro desenvolvimento de competências multiculturais em profissionais de acolhimento.
A growing concern has been documented in the literature with the care of specific needs of minority ethnic children and their families in residential child care. The Declaration of the Rights of the Child and several authors have argued for the need to ensure that these children and youth have contact with their culture, religion and history, in a daily routine in the institutions they reside in. However, the training of professionals in multicultural competencies has been neglected, particularly in Portugal. The present study aimed to develop a brief training program of multicultural competencies for professionals (technicians and educators). For that purpose, a quasi-experimental study (N=30) was conducted, with multicultural competencies being evaluated before and after the intervention. The control group did not receive training, though participants were evaluated in two moments, as the experimental group. Multicultural competencies were evaluated by two measures: (1) a self-report questionnaire and (2) an objective measure based on a hypothetic case presented to participants. Results were analyzed in both quantitative and qualitative approaches. A quantitative analysis of the multicultural competencies (through self-report) showed that no significant statistical differences were found. However, the qualitative evaluation revealed that professionals of the experimental group were more capable of enclosing elements for culture after intervention in their definition of strategies and relational aspects of intervention. Implications of this study are discussed for further development of multicultural competencies in professionals working in residential child care.
Description: Mestrado em Psicologia Social e das Organizações
URI: http://hdl.handle.net/10071/2656
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Formação em Competências Multiculturais de Profissionais de Acolhimento Institucional.pdf563.37 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.