Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/2496
acessibilidade
Title: Strategy tools’ use in the largest companies in Portugal
Authors: Oliveira, Bruno José Olim Marote Gomes de
Orientador: António, Nelson José dos Santos
Keywords: Strategy
Strategy tools
Strategizing
Estratégia
Ferramentas estratégicas
Issue Date: 2008
Citation: OLIVEIRA, Bruno José Olim Marote Gomes de - Strategy tools’ use in the largest companies in Portugal [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2008. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/2496>.
Abstract: Strategy as practice is an emergent view in strategy research that focuses on the practical things of strategy, that is, the practitioners, the practices and the praxis. In this perspective, strategy tools such as SWOT Analysis, Scenario Analysis or Balanced Scorecard are strategic practices around which strategic activities take place. This dissertation departs from a practice perspective to examine the use of strategy tools in the largest companies in Portugal. The main goal is to find the most popular strategy tools and to describe their use in companies. This is relevant since it is reported in the literature that companies invest vast resources to acquire and implement these tools. Moreover, strategy tools are important vehicles to turn theories actionable in practice. It was adopted a mixed method research that comprises the utilisation of two data collection techniques. Firstly, a questionnaire was applied to obtain a broad overview about the use of strategy tools. Secondly, seven interviews were done in different companies to better understand the questionnaire results and to get more detailed information about strategy tools’ use. In terms of results, we found that SWOT Analysis, Scenario Analysis and Brainstorming are the most popular strategy tools in the largest companies operating in Portugal. Regarding strategy tools choice, we detected that managers’ prime concern is rationality and efficiency. In the deployment of strategy tools, we discovered that managers typically adapt them to their needs and challenges. Finally, this research suggests a framework to analyse the use of strategy tools. Our model comprises four elements: strategy tools, strategy practitioners, context and praxis.
A Estratégia enquanto prática é uma perspectiva emergente na investigação em estratégia que foca nas coisas práticas da estratégia, isto é, nos práticos, nas práticas e na praxis. Nesta perspectiva, ferramentas estratégicas como a Análise SWOT, a Análise de Cenários e o Balanced Scorecard são práticas estratégicas à volta das quais se desenvolvem actividades estratégicas. Esta dissertação parte de uma perspectiva prática para examinar a utilização das ferramentas estratégicas nas maiores empresas em Portugal. O principal objectivo é a identificação das ferramentas estratégicas mais populares e a descrição da sua utilização nas empresas. Isto é relevante uma vez que é referido na literatura que as empresas investem vastos recursos para adquirir e implementar estas ferramentas. Para além disso, as ferramentas estratégicas são veículos importantes para tornar as teorias accionáveis na prática. Foi adoptada uma metodologia de investigação mista que compreende a utilização de duas técnicas de recolha de dados. Em primeiro lugar, aplicou-se um questionário para obtermos uma perspectiva ampla sobre a utilização das ferramentas estratégicas. Em segundo lugar, realizou-se sete entrevistas em diferentes empresas para melhor compreendermos os resultados do questionário e para obtermos informação detalhada sobre a utilização das ferramentas estratégicas. Em termos de resultados, verificou-se que a Análise SWOT, a Análise de Cenários e o Brainstorming são as ferramentas estratégicas mais populares nas maiores empresas a operar em Portugal. No que respeita à escolha das ferramentas estratégicas, detectou-se que a principal preocupação dos gestores é a racionalidade e a eficiência. Na utilização prática das ferramentas estratégicas, descobriu-se que os gestores tipicamente as adaptam às suas necessidades e desafios. Finalmente, esta investigação sugere um quadro de referência para analisar a utilização das ferramentas estratégicas. O nosso modelo compreende quatro elementos: ferramentas estratégicas, práticos da estratégia, contexto e praxis.
Description: JEL Classification System: M10 and M19
URI: http://hdl.handle.net/10071/2496
Designation: Mestrado em Administração Pública
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Strategy Tools Use in the Largest Companies in Portugal.pdf796.55 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.