Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/2481
acessibilidade
Title: Percepções de empregadores acerca dos colaboradores mais velhos
Authors: Cavaleiro, Verónica Alexandra Marques
Orientador: Ramos, Sara
Keywords: Envelhecimento
Trabalho
Estereótipos de Idade
Discriminação
Aging
Work
Age Stereotypes
Discrimination
Issue Date: 15-Mar-2011
Citation: CAVALEIRO, Verónica Alexandra Marques - Percepções de empregadores acerca dos colaboradores mais velhos [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2009. Tese de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/2481>.
Abstract: Nos próximos anos, a estrutura etária da força de trabalho na Europa irá mudar significativamente, prevendo-se um aumento da proporção de colaboradores mais velhos. Estas mudanças significam que as organizações serão forçadas a reconhecer a importância de empregar colaboradores mais velhos e a utilizar as suas capacidades e conhecimentos de forma adequada. A maioria dos estudos indica a existência de um estereótipo negativo acerca destes colaboradores, o qual poderá estar relacionado com a actual discriminação em relação à idade. O presente estudo qualitativo pretende investigar as percepções de alguns empregadores relativamente aos colaboradores mais velhos. São esperadas mais crenças negativas acerca dos colaboradores mais velhos, especificamente nas dimensões da aprendizagem e aceitação de novas tecnologias e adaptação à mudança. No geral, os participantes atribuíram características positivas e negativas a ambos os grupos etários. A maioria das entrevistas indicou, contudo, que a atribuição de características negativas aos candidatos mais velhos tende a ser mais penalizante. À semelhança do estudo realizado por Rosen & Jerdee (1976b), os resultados sugeriram ainda que as pessoas mais velhas foram vistas como sendo potencialmente menos empregáveis que as mais jovens, particularmente para posições fisicamente exigentes. O aumento da idade pareceu ser associado à inexistência de perfil para a função.
In the next years, the Europe’s working force age structure will suffer significant changes, to be expected a rise on the number of older workers. These changes mean that organizations will be forced to recognize the importance of employing older workers and to use their skills and knowledge in a proper way. Most studies show the existence of a negative stereotype about this kind of workers, which can be related to the age discrimination felt nowadays. This qualitative study intends to investigate some employers’ perception about older workers. It will be expected more negatives attitudes about older workers, specifically in learning and acceptance of new technology and adaption to change dimensions. In general, the participants gave positive and negative characteristics to both age groups. Most interviews indicate, however, the attribution of negative characteristics to older workers tends to be more punishable. In resemblance to the study performed by Rosen & Jerdee (1976b), the results suggested that older people were seen as being less potentially employable than younger ones, particularly in physically exhaustive jobs. Increase age seemed to be associated to the lack of some competences and skills to the function.
URI: http://hdl.handle.net/10071/2481
Designation: Mestrado em Psicologia Social e das Organizações
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Tese - Percepções de Empregadores acerca dos Colaboradores m.pdf659.49 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.