Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/22130
acessibilidade
Title: Das hesitações no Estado Novo à construção do lugar: o Estádio Nacional do Jamor
Authors: Novais, Maria Margarida Lourenço Marreiros de
Orientador: Pinto, Paula Cristina André dos Ramos
Saldanha, José Luís Possolo de
Keywords: Estádio Nacional do Jamor
Estado Novo
"Português Suave"
"Arquitectura Doce"
Imagem
Lugar
Implantação
Nacional Stadium of Jamor
Image
Place
Implantation
Issue Date: 14-Dec-2020
Citation: NOVAIS, Maria Margarida Lourenço Marreiros de - Das hesitações no Estado Novo à construção do lugar: o Estádio Nacional do Jamor [Em linha]. Lisboa: Iscte, 2020. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/22130>.
Abstract: A presente proposta de ampliação temporária do Estádio Nacional do Jamor surge no âmbito da realização dos Jogos Olímpicos em Lisboa, oportunidade única de reestruturação do Complexo Desportivo do Vale do Jamor. O Estádio Nacional, obra símbolo para a afirmação do regime do Estado Novo, é um projeto exímio na sua localização e relação com a envolvente, integrando-se no terreno de forma semelhante à dos anfiteatros gregos. Esta implantação é o resultado das críticas que o arquiteto paisagista Francisco Caldeira Cabral apresentou ao projeto que tinha sido escolhido em concurso lançado pelo regime. Acontecimento semelhante ocorreu no Concurso para o Monumento ao Infante D. Henrique, em Sagres, pela interferência dos arquitetos sobre o projeto selecionado para o 1º concurso e que acaba por alterar o rumo deste. Assim interessou-nos compreender os vícios da historiografia da produção arquitetónica do período do Estado Novo. Através das denominações “português suave” e “arquitectura doce” entendemos que esta época tem sido excessivamente simplificada e/ou extremada e não tem levado em consideração as variáveis dos arquitetos na arquitetura produzida “no Estado Novo”. Em ambos os concursos os arquitetos preocupados com os objetos arquitetónicos apresentavam propostas que não tomavam em consideração a topografia dificultando a possibilidade de integração de valor de sublimidade, apreciado pelos regimes autoritários, que está intrinsecamente ligado aos “valores do local, motivo e objecto”. Por outro lado, a proposta de Caldeira Cabral tomando em consideração os valores do local: topografia, ventos e solos através dos seus conhecimentos modernistas adquiridos no curso que frequentava em Berlim, consegue conciliar a valorização da imagem arquitetónica e a valorização do lugar, conferindo alguma sublimidade ao Estádio. Assim a proposta de ampliação do Estádio Nacional para o remate das bancadas de pedra na cota 55.5 (onde se incluem novos edifícios, ampliação de bancadas, ou continuidade da colunata em redor do recinto), além de ter em consideração o construído e as variantes apresentadas por Miguel Jacobbety Rosa e Francisco Caldeira Cabral, considera também as premissas que Francisco Caldeira Cabral e Konrad Wiesner utilizaram para criticar a proposta de Jorge Segurado e integrar o edifício na paisagem. Resulta assim numa proposta de ampliação temporária das bancadas, preparando o recinto para receber esta atividade de curta duração, os Jogos Olímpicos, adaptando o local às necessidades e devolvendo no final da atividade a harmonia do projeto com a paisagem e suas intempéries e a relação de proximidade dos espetadores e atletas com a envolvente.
The present proposal for the temporary extension of the National Stadium of Jamor arises within the scope of the Olympic Games in Lisbon, a unique opportunity to restructure the Sports Complex of Jamor Valley. The National Stadium is a symbolic work for the affirmation of the Estado Novo regime and an excellent project in its location and relationship with the surroundings, integrating itself in the terrain in a similar way to the Greek amphitheaters. This implantation is the result of the criticisms that landscape architect Francisco Caldeira Cabral presented to the project that had been chosen in a contest launched by the regime. A similar event happened at the Competition for the Monument to Infante D. Henrique, in Sagres, due to the interference of architects on the project selected for the 1st competition and which ends up changing its course. So, we were interested in understanding the vices of the historiography of architectural production from the Estado Novo period. Through the designations “Portugês Suave” and “Arquitectura Doce” we understand that this period has been excessively simplified/ extreme, and it has not considered the variables of architects in the architecture produced “no Estado Novo”. In both competitions the architects concerned with architectural objects presented proposals that didn’t take topography into account, making it difficult to integrate the sublimity value, appreciated by authoritarian regimes, which is intrinsically linked to the “values of the place, motive and object”. On the other hand, Caldeira Cabral’s proposal takes into account the local values: topography, winds and soils through his modernist knowledge acquired in the course he attended in Berlin. He manages to reconcile the valorization of the architectural image and the valorization of the place, conferring some sublimity to the Stadium. Therefore, the proposal to expand the National Stadium to finish the stone benches at elevation 55.5 includes new buildings, the expansion of benches, or the continuity of the colonnade around the enclosure. It takes into account the construction and the variants presented by Miguel Jacobbety Rosa and Francisco Caldeira Cabral and it also considers the premises that Francisco Caldeira Cabral and Konrad Wiesner used to criticize Jorge Segurado’s proposal and integrate the building into the landscape. This results in a proposal for a temporary expansion of the stands, preparing the enclosure to receive this short-term activity, the Olympic Games. It is going to adapt the place to the needs and it will return, at the end of the activity, the harmony of the project between the landscape and its weather. This factor will bring again the relation of proximity to the spectators and athletes with the surroundings.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/22130
Thesis identifier: 202628809
Designation: Mestrado Integrado em Arquitetura
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Master_Maria_Marreiros_Novais.pdf64.22 MBAdobe PDFView/Open
Master_Maria_Marreiros_Novais_A.pdf8.85 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.