Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

Integrated Search
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/21485
acessibilidade
Title: Experiências de vitimação na infância e práticas parentais atuais: O papel mediador da ansiedade e depressão
Authors: Martins, Inês Sofia Botelho
Orientador: Magalhães, Eunice Vieira
Keywords: Funções parentais
Experiências de vitimação
Psicopatologia
Parental practices
Victimization
Psychopathology
Issue Date: 9-Dec-2020
Citation: Martins, I. S. B. (2020). Experiências de vitimação na infância e práticas parentais atuais: O papel mediador da ansiedade e depressão [Dissertação de mestrado, Iscte - Instituto Universitário de Lisboa]. Repositório Iscte. http://hdl.handle.net/10071/21485
Abstract: As experiências de vitimação durante a infância têm sido associadas a diversas consequências negativas para o ajustamento das crianças e jovens, sendo que, algumas destas consequências, podem perdurar ao longo da idade adulta. Neste caso, as experiências de vitimação têm sido associadas tanto aos problemas de saúde mental, nomeadamente a depressão e ansiedade, como às práticas parentais menos ajustadas. No entanto, o papel mediador da saúde mental não tem sido explorado de forma sistemática. Assim, este estudo pretende explorar a relação entre as experiências de vitimação na infância e as práticas parentais atuais (rejeição, suporte emocional, tentativa de controlo) e, especificamente, explorar o papel mediador da depressão e ansiedade nesta relação. Neste estudo participaram um total de 257 mães, com idades compreendidas entre os 26 e os 54 anos (M = 38.73; DP = 5.116). Foi-lhes pedido o preenchimento de um conjunto de questionários que englobava o Questionário de Vitimação Juvenil (JVQ), o Inventário de Sintomas Psicopatológicos (BSI) e o EMBU-P. Os resultados revelam efeitos totais não significativos entre a vitimação e a parentalidade, não obstante, foi obtido um efeito indireto significativo da psicopatologia nesta relação. Mais especificamente, concluiu-se que as experiências de vitimação estão associadas a níveis mais elevados de depressão na idade adulta que, por sua vez, estão associados a mais comportamentos parentais de rejeição. Estes resultados sugerem que mães com história de vitimação durante a infância podem beneficiar de intervenções que promovam estratégias de regulação emocional adaptativas, assim como que reduzam a sintomatologia e promovam as suas competências parentais.
Childhood victimization has been associated with several negative consequences for the adjustment of children and young people, some of which may persist throughout adult life. Victimization experiences have been associated both with mental health problems, particularly with depression and anxiety, and with less adjusted parenting practices. However, the mediating role of mental health has been not systematically explored. Thus, this study aims to explore the relationship between childhood victimization and current parental practices (rejection, emotional support and attempted control) and specifically, to explore the mediating role of depression and anxiety in the relationship. A total of 257 mothers participated in this study, aged between 26 and 54 years (M = 38.73; DP = 5.116). They were asked to complete a set of questionnaires that included the Juvenile Victimization Questionnaire (JVQ), the Brief Symptoms Inventory (BSI) and the EMBU-P. The results reveal non-significant total effects between victimization and parenting. However, a significant indirect effect of depression was found. More specifically, it was found that victimization was associated with higher levels of depression in adulthood, which in turn were associated with more parental rejection. These results suggest that some mothers with a history of childhood victimization may benefit from interventions that promote adaptive emotional regulation strategies, as well as from interventions that reduce symptomatology and that promote their parenting skills.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/21485
Thesis identifier: 202571661
Designation: Mestrado em Psicologia Comunitária, Proteção de Crianças e Jovens em Risco
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
master_ines_botelho_martins.pdf494.04 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.