Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/21323
acessibilidade
Title: Turnover intention of Chinese millennial migrant workers in manufacturing industry: the impacts of work income and identification
Authors: Lai Hongshan
Orientador: Ma Shaozhuang
Shao Yunfei
Keywords: Millennial generation
Migrant workers in China
Turnover intention
Identification
Work income
Geração Y
Trabalhadores migrantes na China
Intenção de saída voluntária
Identificação
Remuneração
Issue Date: 5-Nov-2019
Citation: Lai Hongshan - Turnover intention of Chinese millennial migrant workers in manufacturing industry: the impacts of work income and identification [Em linha]. Lisboa: Iscte, 2019. Tese de doutoramento. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/21323>.
Abstract: In recent years, turnover of the millennial migrant workers has become a big challenge in the manufacturing industry in China’s eastern coastal provinces. This thesis examines the relationship between the turnover intention of the millennial migrant workers and their work income, organizational and regional identifications and job satisfaction. A sample of 497 self-report questionnaires was collected from the millennial migrant workers in coastal areas of China, and SPSS was used to run regression analysis to test the theoretical model. This study reveals the following results. First, the actual income and comparative income gap (actual income-native place income) of the millennial migrant workers are positively correlated with job satisfaction; actual income is positively correlated with turnover intention, and the impact of comparative income gap (actual income-native place income) on turnover intentions is not significant. Second, both the organizational identification and regional identification of the millennial migrant workers are positively correlated with job satisfaction. The organizational identification and regional identification are negatively correlated with turnover intention. Third, the job satisfaction of the millennial migrant workers has a negative impact on their turnover intention; the job satisfaction has a mediating effect in the relationship between actual income and turnover intention, and the mediating effect of job satisfaction in the relationship between comparative income gap and turnover intention, is not significant; job satisfaction plays a mediating role in the relationships between both organizational identification and regional identification, and turnover intention respectively. Based on the above research results, the thesis discusses implications at three levels, including government policy-making, enterprise management and individual millennial migrant workers.
Nos últimos anos, o turnover dos trabalhadores migrantes da geração Y (millennials) tornou-se um grande desafio para a indústria nas províncias costeiras orientais chinesas. Esta tese examina a relação entre a intenção de saída voluntária destes trabalhadores migrantes e a sua remuneração, identificação organizacional e com a região, e satisfação no trabalho. Recolheu-se uma amostra de 497 questionários auto-reportados por trabalhadores migrantes da geração Y nas áreas costeiras da China e utilizou-se análises de regressão com o SPSS para testar o modelo teórico. Este estudo encontrou os seguintes resultados: Primeiro, a remuneração atual e a discrepância remuneratória (remuneração atual subtraída da remuneração auferida no local de origem) dos trabalhadores migrantes da geração Y estão positivamente associadas com a satisfação no trabalho; a remuneração atual está positivamente associada com a intenção de saída voluntária, e o impacto da discrepância remuneratória nas intenções de saída voluntária não é estatisticamente significativa. Segundo, a identificação dos trabalhadores migrantes da geração Y com a organização e com a região está positivamente associada com a satisfação com o trabalho. Estão ambas associadas negativamente com a intenção de saída voluntária. Terceiro, a satisfação no trabalho por parte dos trabalhadores migrantes da geração Y tem um impacto negativo na sua intenção de saída; a satisfação no trabalho tem um efeito mediador na relação entre a remuneração atual e a intenção de saída voluntária, e o efeito indireto da mediação da satisfação no trabalho entre a discrepância remuneratória e as intenções de saída voluntária não é significativo; a satisfação no trabalho desempenha um papel mediador na relação entre a identificação organizacional e a regional com a intenção de saída voluntária. Com base nos resultados expostos a tese discute as implicações a três níveis incluindo a produção de políticas governamentais, a gestão de empresas e os indivíduos trabalhadores migrantes da geração Y.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/21323
Thesis identifier: 101566115
ISBN: 978-989-781-383-2
Designation: Doutoramento em Gestão Empresarial Aplicada
Appears in Collections:T&D-TD - Teses de doutoramento

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
phd_lai_hongshan.pdf1.69 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.