Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/20732
acessibilidade
Title: Sair ou não sair do armário?: Micro-agressões e o impacto da revelação da orientação sexual no stress e nos seus mecanismos psicofisiológicos
Authors: Pereira, Rafaela dos Santos
Orientador: Moleiro, Carla
Keywords: Orientação sexual
Stress minoritário
Micro-agressões
Stress agudo e crónico
Sexual orientation
Minority stress
Microaggressions
Acute stress
Chronic stress
Psicologia social
Comportamento sexual
Estudos LGBT
Estigma
Discriminação sexual
Stress
Issue Date: 22-Nov-2019
Citation: Pereira, R. dos S. (2019). Sair ou não sair do armário?: Micro-agressões e o impacto da revelação da orientação sexual no stress e nos seus mecanismos psicofisiológicos [Dissertação de mestrado, Iscte - Instituto Universitário de Lisboa]. Repositório Iscte. http://hdl.handle.net/10071/20732
Abstract: O conceito de stress minoritário surge na literatura associado a vários grupos estigmatizados. O presente estudo foca-se no stress minoritário e no seu impacto na saúde física e mental da população lésbica, gay e bissexual (LGB) que experiencia diferentes situações de stress devido ao estigma e à discriminação. Assim, este estudo tem como objetivo avaliar o stress agudo e crónico na população LGB, por comparação à população não LGB, quando expostos a uma micro-agressão. Foi realizado para este efeito um estudo piloto através de um pré- teste de quatro vídeos, por forma a incluir dois no estudo principal. O estudo principal contemplou uma amostra de 65 participantes em que 33 identificaramse como heterossexuais e 32 como lésbicas, gays ou bissexuais. Após a análise dos dados recolhidos, os resultados demonstraram que ambos os grupos de participantes não diferem no nível de stress crónico, nem no desconforto psicológico. Contudo os participantes LGB reportaram maiores níveis de stress agudo após exposição a uma micro-agressão, comparativamente com os participantes heterossexuais. Adicionalmente, os resultados demonstraram ainda que os participantes com menor abertura aos pares em relação à sua orientação sexual, apresentaram níveis mais elevados de stress agudo após a exposição a uma micro-agressão, por comparação com os participantes com maior abertura aos pares. A partir das conclusões desta investigação é possível retirar algumas sugestões para estudos futuros.
The concept of minority stress is usually referred in the literature as being associated with several stigmatized groups. This study is based on minority stress and its impacts on physic and mental health of the Lesbian, Gay and Bisexual (LGB) population, that experiences stress in many ways due to stigma and discrimination. Therefore, this study has as its main objective to analyze chronic and acute stress among the LGB population, comparatively with non-LGB population, on the condition of exposure to a microaggression. For this purpose, it was performed a pilot study with a pre-test of four videos, to include two of them in the main study. The main study was conducted with a sample of 65 participants, 33 of which identified as heterosexuals and 32 as lesbian, gays or bisexuals. After analyzing the collected data, the results showed that the level of chronic stress and psychological discomfort was not significantly different between both groups of participants. However, LGB participants showed higher levels of acute stress after being exposed to a microaggression, when comparing to heterosexual participants, in the self-report measure. Additionally, the results showed that the participants that are less open regarding their sexual orientation to their peers have higher levels of acute stress after being exposed to a microaggression, when comparing with participants that are more open to their peers. From the conclusions of this research, it is possible to draw some suggestions for future studies.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/20732
Thesis identifier: 202519040
Designation: Mestrado em Psicologia Comunitária, Proteção de Crianças e Jovens em Risco
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
master_rafaela_santos_pereira.pdf2.57 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.