Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/20694
acessibilidade
Title: Why some teams work better than others: An investigation of voice, TMS and leadership on team performance
Authors: La Porta, Louisa Carlotta
Orientador: Passos, Ana Margarida Soares Lopes
Silva, Sílvia Agostinho da
Keywords: Voice
Transactive memory systems
Leadership
Self-managed teams
Teamwork
Voz
Sistemas de memória transativa
Liderança
Gestão de equipa autónoma
Trabalho de equipa
Gestão de recursos humanos
Conhecimento -- Knowledge
Autonomia
Desempenho organizacional
Issue Date: 23-Jul-2020
Citation: La Porta, L. C. (2020). Why some teams work better than others: An investigation of voice, TMS and leadership on team performance [Dissertação de mestrado, Iscte - Instituto Universitário de Lisboa]. Repositório Iscte. http://hdl.handle.net/10071/20694
Abstract: Teams have become the standard way of working in organizations and therefore the question of what differentiates highly performing units from other teams has attracted much research attention. Especially the utilization of knowledge such as team members sharing their knowledge and the awareness of other members’ expertise can be decisive for team performance. Looking into the relationship between team member’s behaviors, team cognition and self-management encouraged by the leader, this study connects three streams of literature, namely voice, TMS and leadership, to reach a better understanding how these interact and impact team performance. Specifically, in this study, we investigate the mediation role of TMS in the relationship between voice and team performance, and whether the leadership function of promoting team self-management moderates this relationship. A sample of 46 consulting teams has been analyzed through a moderated mediation model without finding support for the full model. However, this multi-level research showed that voice is positively related with performance but that the relationship between TMS and performance is less clear and depends on the extent to which leaders encourage the team to manage itself. In light of findings on both the individual and organizational level indicating that voice can have positive effects, this research extends the literature in terms of the applicability at the meso level. Also, further light is shed on the interaction between team cognition and team leadership warranting further research. Practical and theoretical implications of the findings and potential questions for future research are discussed.
O trabalho em equipa tornou-se padrão no trabalho nas organizações, portanto, a questão do que diferencia unidades de alto desempenho de outras equipas atraiu muita atenção para o seu estudo. Especialmente a utilização de conhecimento, como, a partilha de conhecimento de membros de equipa e a consciencialização da perícia de outros membros, como fator decisivo para o desempenho de equipa. Analisando o relacionamento entre comportamentos de membros de equipas, a noção e a auto-gestão de equipa incentivados pelo líder, três fontes de literatura, nomeadamente a voz, TMS e liderança, estão relacionadas com uma melhor compreensão de como interagem e afetam o desempenho da equipa. Especificamente, o efeito da voz no TMS e no desempenho de equipa foi estudado com o moderador gestão de equipa autónoma. Uma amostra de 46 equipas de consultoria foi analisada por meio de um modelo de mediação moderada sem encontrar suporte para o modelo completo. Todavia, a pesquisa em diferentes níveis mostrou que a voz está positivamente relacionada com o desempenho, mas a relação entre o TMS e o desempenho é menos clara, dependendo da extensão em que os líderes incentivam as suas equipas a gerirem-se independentemente. À luz dos resultados, a nível individual e organizacional, é indicado que a voz pode ter efeitos positivos, aplicando-se à literatura em termos de nível meso. Adicionalmente , contribuições feitas para melhor entendimento da interação entre noção e liderança de equipa que merecem mais pesquisa. São discutidas implicações práticas e teóricas dos resultados e possíveis perguntas para futuras pesquisas.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/20694
Thesis identifier: 202509370
Designation: Mestrado em Gestão de Recursos Humanos e Consultadoria Organizacional
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
master_louisa_la_porta.pdf700.27 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.