Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/2046
acessibilidade
Title: Discussion and argumentation about the impact of cultural experience on emotional intelligence measurement questionnaires
Authors: Lippels, Thomas Werner
Orientador: Trigo, Virgínia
Keywords: Emotional intelligence
Questionnaire
Cross-cultural différences
Wong and Law Emotional Intelligence Scale (WLEIS)
Inteligencia emocional
Questionario
Differencias culturais cruzadas
Issue Date: 2009
Citation: LIPPELS, Thomas Werner - Discussion and argumentation about the impact of cultural experience on emotional intelligence measurement questionnaires [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2009. Tese de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/2046>.
Abstract: The objective of this dissertation is to evidence the correlation between cultural experience and Emotional Intelligence (EI) which can influence the outcome of Emotional Intelligence Questionnaires (EIQ). To do so, three defined variables, such as age, language abilities and foreign experience have been taken into consideration to present Cultural Intelligence [CI] and students from different nationalities have taken one elected EIQ in two different languages. The correlation between the two test results, based on the participants age, language abilities and foreign experience have been observed, and discussed. The results of the study indicate that all three variables have an impact on EI, whereas age and foreign experience seemed to be more important than language abilities. As it is proposed that EI contributes to effective leadership, it is required to study if this theory is culturally influenced. This discussion is needed as the construct of EI became widely used in Psychology and Human Resource Management (HRM) to evaluate individual and team performance, while most accessible questionnaires have been constructed by North American researchers and are usually available in English. Therefore the use of well established EI questionnaires, evaluating trait or ability EI needs to be investigated to avoid conclusions neglecting possible cross-cultural differences and influencing evaluation standards. It is necessary to mention, that because of the limitation of the work, the cultural dependency of EI questionnaires will be studied while focusing on verbal understanding and by using one specific Questionnaire as example, namely the Wang and Law Emotional Intelligence Scale [WLEIS].
O objectivo desta dissertação é comprovar a existência de uma correlação entre a experiência cultural e a Inteligência Emocional (IE), e a forma como esta pode influenciar o resultado de um Questionário de Inteligência Emocional (QIE). Para alcançar este objectivo, três variáveis foram consideradas como indicadores de Inteligência Cultural (IC), nomeadamente, idade, conhecimentos linguísticos e experiência no estrangeiro. Para tal, estudantes de diferentes nacionalidades responderam a um QIE específico em duas línguas distintas. A correlação entre os resultados dos dois testes, baseados na idade, na capacidade linguística e na experiência no estrangeiro foi examinada e discutida. A conclusão é que as três variáveis têm impacto sobre a IE, embora pareça que a idade e a experiência no estrangeiro são mais importantes do que os conhecimentos linguísticos. Sendo sugerido que a IE contribui para a capacidade de liderança, é necessário estudar se esta teoria é influenciada pelas diferenças culturais. Esta discussão torna-se inevitável uma vez que a IE se tornou numa ferramenta amplamente utilizada na área de Psicologia e de Recursos Humanos para avaliar a eficiência individual e de grupos. No entanto a maioria dos questionários disponíveis foram criados por cientistas norte-americanos e normalmente estão unicamente disponíveis em inglês. Desta forma é essencial investigar a utilização dos QIE que avaliam qualidades e aptidões da IE, para evitar conclusões que negligenciam possíveis diferenças culturais influenciando os critérios de avaliação. É necessário mencionar, que devido às limitações associadas à dissertação, a dependência entre os Questionários de Inteligência Emocional e a experiência cultural vai ser investigada, focando-se na compreensão verbal e apenas utilizando o questionário de Wang e Law, a Escala de IE [WLEIS].
URI: http://hdl.handle.net/10071/2046
Designation: Mestrado em Gestão Internacional
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Dissertation - Thomas Lippels.pdf3.61 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.