Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/20072
acessibilidade
Title: O discurso televisivo das alegadas ameaças terroristas em Portugal: análise do caso RTP1 entre 2015 e 2017
Authors: Pereira, Carolina Bernardo
Orientador: Silva, Rita Maria Espanha Pires Chaves Torrado da
Martinho, Ana Isabel Pinto
Keywords: Enquadramento mediático
Sociedade do risco
Pânico moral
Sociedade em rede
Media framing
Risk society
Moral panics
Network society
Issue Date: 12-Dec-2019
Citation: PEREIRA, Carolina Bernardo - O discurso televisivo das alegadas ameaças terroristas em Portugal: análise do caso RTP1 entre 2015 e 2017 [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2019. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/20072>.
Abstract: A temática do terrorismo dominou a o panorama mediático europeu entre 2015 e 2017 (os três anos em análise), com notícias que ultrapassaram fronteiras e chocaram o mundo. Sem nunca ter sido vítima direta do terrorismo, Portugal, viu-se a braços com uma ameaça global. Nos media portugueses multiplicaram-se as notícias sobre alegados atentados terroristas em solo nacional (todos eles falso alarme). A cobertura mediática dos três casos em estudo (um objeto suspeito na Ponte 25 de Abril, em 2015; um objeto suspeito em Entrecampos, em 2016 e uma mala abandonada no Aeroporto de Lisboa, em 2017) por parte do canal público de televisão generalista RTP1 foi o objeto de estudo deste trabalho. Concluiu-se que estes momentos ficaram marcados por uma grande incerteza por parte dos jornalistas, até as autoridades darem o seu parecer sobre o que se passava, e que, apesar dessa incerteza e do tom de “última hora”, a RTP1 manteve o seu discurso informativo, e limitou-se às informações que tinha, sem especular nem fazer qualquer comparativo com atentados terroristas reais, reduzindo a margem para alarme.
Terrorism is one of the topics that have influenced the media scenario between 2015 and 2017 (the three years studied), with news that overcome borders and chocked the world. Even though Portugal was never a direct victim of terrorism, our country faced a global treat. In the Portuguese media with multiple news about possible terrorist attacks in our country (all of them false alarm). The mediatic coverage of the three cases in study (a suspect object at the Ponte 25 de Abril (Bridge in Lisbon), in 2015, a suspect object in Entrecampos, in 2016; at and a lost bag in Lisbon Airport, in 2017) by the public TV channel RTP1 is the base object of this study. We have concluded that these moments are mostly defined by the lack of confirmed informations, until the authorities confirm wht is going on and that, despite that lack of informations and the “breaking news” tone, RTP1 had na informational discourse, published only the confirmed informations, wothout speculations and any comparison with actual attacks, leaving no room for a big alarm.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/20072
Thesis identifier: 202453758
Designation: Mestrado em Comunicação, Cultura e Tecnologias da Informação
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Master_Carolina_Bernardo_Pereira.pdf1.54 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.