Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/19805
acessibilidade
Title: Contratualização nos cuidados de saúde primários em Portugal: análise dos indicadores contratualizados entre 2015-2019
Authors: Horta, Ana Margarida Borronha
Orientador: Correia, Tiago
Keywords: Cuidados de saúde primários
Contratualização
Governança multinível
Indicadores de desempenho
Política de saúde
Cuidados de saúde
Centro de saúde
Portugal -- 2015-2019
Issue Date: 25-Nov-2019
Citation: HORTA, Ana Margarida Borronha - Contratualização nos cuidados de saúde primários em Portugal: análise dos indicadores contratualizados entre 2015-2019 [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2019. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/19805>.
Abstract: Os cuidados de saúde são uma das arenas políticas mais dinâmicas nas sociedades modernas. Enquanto setor enfrenta vários desafios, mas também aposta na criação de modelos inovadores como resposta política a pressões como a crise económica global, austeridade, alteração do cenário demográfico. Um dos grandes pilares da reforma dos CSP em 2005 foi a reconfiguração dos centros de saúde constituindo pequenas equipas em unidades de saúde autónomas e mais próximas dos cidadãos. A partir de 2005, e com base nas experiências do Projeto Alfa e do Regime Remuneratório Experimental, as unidades de saúde passaram a desenvolver um processo de contratualização. A contratualização é um instrumento da governança multinível moderno e que consiste num acordo documentado, entre 2 ou mais partes sendo uma delas o financiador e a outra parte o prestador (neste caso um prestador de serviços de saúde). É um processo em que cada parte envolvida contribui com uma técnica ("know-how") bastante complexo em prol de uma meta comum. Nesta dissertação descreve-se a evolução do processo de implementação da contratualização nos Cuidados de Saúde Primários em Portugal, com destaque para reforma iniciada em 2005.
Health care is one of the most dynamic political arenas in modern societies. As a sector it faces many challenges, but it also bets on creating innovative models in response to political demand resulting from pressures such as the global economic crisis, austerity and changing demographic scenario. One of the major pillars of the PHC reform in 2005 was the reconfiguration of health centers by forming small teams in autonomous health facilities closer to citizens. Since 2005, and based on the experiences of the Alpha Project and the Experimental Remuneration Regime, the health units began to develop a contracting process. Constracting is a modern multilevel governance instrument, which consist of a documented agreement between two or more parties: one being the funder and the other being the provider (in this case a healthcare provider). It is a process in which each party involved contributes in a very complex "know-how" to reach a common goalcos. This dissertation describes the evolution of the implementation process of contractualization in health care in Portugal, highlighting the reform initiated in 2005.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/19805
Thesis identifier: 202403114
Designation: Mestrado em Políticas Públicas
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
master_ana_borronha_horta.pdf1.41 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.