Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/19747
acessibilidade
Title: Antifragilidade: Como a adoção de Redes Multi-níveis pode beneficiar as Organizações
Authors: Passos, Danielle Sandler dos
Orientador: Coelho, Helder Manuel Ferreira
Sarti, Flávia Mori
Keywords: Antifragilidade
Complexidade
Resiliência
Gestão do risco
Antifragility
Complexity
Resilience
Risk Management
Issue Date: 17-Apr-2019
Citation: PASSOS, Danielle Sandler dos - Antifragilidade: Como a adoção de redes multi-níveis pode beneficiar as organizações [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2019. Tese de doutoramento. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/19747 >.
Abstract: Este trabalho tem o intuito de investigar a Antifragilidade de instituições financeiras. O nosso foco é vislumbrar a relação existente entre medidas de rede destas organizações e o seu grau de Antifragilidade. Para tal, teorias e ideias ligadas à complexidade são utilizadas, dando destaque às inter-relações existentes entre as instituições e às possíveis consequências provenientes desta rede de ligações. No que tange à gestão de riscos, o uso de modelos mais tradicionais já não é adequado para a análise dos cenários atuais. Modelos mais amplos e menos rígidos, que abordam a complexidade presente e as suas incertezas e constantes mudanças, ascenderam, tornando-se hoje necessários para uma análise eficiente de cenários. Nessa vertente, utilizamos na nossa investigação conceitos e teorias atreladas à complexidade, o que nos permite uma visão mais abrangente e coerente com a realidade dos elementos estudados. Uma profunda revisão bibliográfica foi realizada, a fim de abordarmos importantes conceitos para o nosso trabalho, tais como a Complexidade e seus sistemas, a Antifragilidade e a Resiliência, as Redes e respetivas medidas de centralidade, a Gestão de Risco e sua evolução, bem como o Mercado Financeiro e seus agentes. Através da exposição e análise de diferentes estudos, procuramos deixar mais claro o que é a Antifragilidade. Além disso, o uso da Teoria de Redes para o esboço e análise da nossa rede interbancária, juntamente com a criação de um modelo de mensuração da Antifragilidade dos agentes, compõe o arsenal que utilizamos na nossa tentativa de comprovar que o grau de interação de uma instituição está diretamente relacionado ao seu grau de antifragilidade. Entre os principais resultados e conclusões provenientes do nosso trabalho, podemos destacar: o vislumbre da Antifragilidade como um estágio aprimorado (e atual) da resiliência; a existência de uma densa rede de relações entre as instituições financeiras analisadas, pautadas pela existência de fundos mútuos e empresas acionistas em comum; a grande variedade de elementos que influenciam o grau de Antifragilidade das organizações e a limitação da sua mensuração face à ainda precária disponibilização de dados; e, finalmente, a existência de uma relação direta entre o grau de interligação das instituições e o seu grau de Antifragilidade. Importa ressaltar que esta tese é o resultado de um processo multidisciplinar em que mesclo a minha experiência profissional junto do Banco do Brasil S/A, a minha vivência como pesquisadora junto do RICS (Robotics and Industrial Complex Systems), e os conhecimentos por mim adquiridos, entre pós-graduações, mestrado e doutoramento, na área de finanças, gestão de risco e complexidade. Por fim, espero que os resultados deste estudo sejam úteis à minha e a outras equipas e instituições, e que possam contribuir no trabalho de outros pesquisadores e profissionais.
This work aims to investigate the Antifragility of financial institutions. Our focus is to glimpse the relationship between the network measures of these organizations and their degree of Antifragility. To that effect, theories and ideas linked to complexity are used, highlighting the interrelationships between the institutions and the possible consequences of this network of links. With regard to risk management, the use of more traditional models is no longer adequate to analyze the current scenarios. Larger and less rigid models, which address the present complexity and its uncertainties and constant changes, have risen, and today are necessary for an efficient analysis of scenarios. In this sense, we use in our research concepts and theories linked to complexity, which allow us a more comprehensive and coherent view with the reality of the elements studied. A thorough bibliographical review was performed in order to address important concepts for our work, such as Complexity and its systems, Antifragility and Resilience, Networks and their measures of centrality, Risk Management and its evolution, and Financial Market and its agents. Through exposure and analysis of different studies, we seek to make clearer what Antifragility is. In addition, the use of Network Theory to sketch and analyze our interbank network, together with the creation of a model for measuring the agents' Antifragility, makes up the arsenal we used in our attempt to prove that the degree of interaction of an institution is directly related to its degree of Antifragility. Among the main results and conclusions drawn from our work, we can highlight: the glimpse of Antifragility as an improved stage (and current) of resilience; the existence of a dense network of relations between the analyzed financial institutions, based on the existence of mutual funds and shareholder companies in common; the great variety of elements that influence the degree of Antifragility of the organizations and the limitation of its measurement against the still precarious availability of data; and finally, the existence of a direct relationship between the degree of interconnection of institutions and their degree of Antifragility. It should be noted that this thesis is the result of a multidisciplinary process in which I combine my professional experience at Banco do Brasil S/A, my experience as a researcher with RICS (Robotics and Industrial Complex Systems), as well as the knowledge acquired by me, through post-graduation, masters and PhD degrees, in the finance, risk management and complexity area. Finally, I hope the results of this study can serve my own and other teams and institutions, and can contribute to the work of other researchers and professionals.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/19747
Thesis identifier: 101553641
Designation: Ciências da Complexidade
Appears in Collections:T&D-TD - Teses de doutoramento

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Tese_VersaoPosDefesa.pdf7.5 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.