Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/19629
acessibilidade
Title: A discriminação etária e a sua relação com as aspirações de carreira
Authors: Neves, Jéssica Filipa Simões
Orientador: Martins, Dulce
Mariano, João
Keywords: Discriminação etária
Perceção de autoeficácia
Aspirações de carreira
Idade
Age discrimination
Perception of self-efficacy
Career aspirations
Age
Issue Date: 17-Dec-2019
Citation: NEVES, Jéssica Filipa Simões - A discriminação etária e a sua relação com as aspirações de carreira [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2019. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/19629>.
Abstract: O objetivo do presente estudo foi compreender a relação entre a discriminação etária e as aspirações de carreira, mediante a presença da autoeficácia, assim como compreender o efeito da idade nesta relação. A mostra deste estudo foi composta por 157 trabalhadores, por conta de outrem, em território português, com idade compreendidas entre os 19 e os 62 anos. Neste sentido, foram colocadas três hipóteses relativas às relações de interesse, sendo que as mesmas foram testadas através de uma mediação, e uma mediação moderada. Face aos resultados, foi possível concluir que a hipótese 1 não foi verificada, ou seja, não existe uma relação negativa entre a discriminação etária e as aspirações de carreira; a hipótese 2 foi verificada indicando que a perceção de autoeficácia medeia positivamente a relação entre a discriminação etária e as aspirações de carreira; e, por fim, a hipótese 3 também não foi verificada, ou seja, não se verificou o efeito de moderação da idade na mediação anteriormente descrita. Contrário ao esperado, a presença de discriminação etária não afeta, de forma negativa, as aspirações de carreira.
The aim of the present study was to understand the relationship between age discrimination and career aspirations through the presence of self-efficacy, as well as to understand the effect of age in this relationship. The sample of this study consisted of 157 employees, in Portuguese territory, aged between 19 and 62 years. In this sense, three hypotheses were made and tested through a mediation, and a mediation moderated. Given the results, it was concluded that hypothesis 1 was not verified, therefore, there is no negative relationship between age discrimination and career aspirations; hypothesis 2 was verified indicating that the perception of self-efficacy positively mediates the relationship between age discrimination and career aspirations; finally, the hypothesis 3 was not verified either, that is, there was no effect of age moderation on the mediation previously described. Contrary to expectations, the presence of age discrimination does not negatively affect career aspirations.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/19629
Thesis identifier: 202363473
Designation: Mestrado em Psicologia Social e das Organizações
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Master_Jessica_Simoes_Neves.pdf643.77 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.