Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/19500
acessibilidade
Title: Infrabel: a path to disability inclusion: identified drivers and barriers
Authors: De Vreese, Anne-Lore
Orientador: Ramos, Sara Cristina Moura Silva
Keywords: Disability inclusion
Drivers and barriers
Case study
Implementation plan
Issue Date: 7-Nov-2019
Citation: DE VREESE, Anne-Lore - Infrabel: a path to disability inclusion: identified drivers and barriers [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2019. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/19500>.
Abstract: The unemployment rate of PWD (people with disabilities) is nearly double the rate of people without disabilities. Research shows that organizations who hire PWD can see many benefits such as decreased turn-over, absenteeism, improved rates of innovation and increased revenues. Yet employers struggle with attracting and retaining this diversity group. This study aims to determine the drivers and barriers for integration of PWD in a Belgian public organization and presents an implementation plan to improve this integration. Data analysis uses qualitative and quantitative data from employees across different hierarchy levels. The results conclude that the main drivers that will foster this integration are the organizational change to human-centered culture, open culture, and empowering management style. The main identified barriers are lacking awareness and knowledge about disability, stereotypes regarding skills of PWD and organization’s lack of flexibility. Seven interventions are proposed through Lewin’s model of change.
A taxa de desemprego das pessoas com deficiência é o dobro da taxa de pessoas sem deficiência. Pesquisas mostram que as organizações que contratam PWD (do inglês “People with Disabilities”) podem ver muitos benefícios, como diminuição da rotatividade, absenteísmo, melhores taxas de inovação e aumento de receita. No entanto, os empregadores têm dificuldades para atrair e reter esse grupo de diversidade. Este estudo tem como objetivo determinar os fatores impulsionadores e barreiras para a integração de pessoas com deficiência numa organização pública belga e apresenta um plano de implementação para melhorar essa integração. A análise é realizada através de dados qualitativos e quantitativos com base em funcionários em diferentes níveis hierárquicos. Os resultados concluem que os principais fatores impulsionadores são a mudança organizacional para a cultura centrada no ser humano, a cultura aberta e o estilo de gerenciamento de poder, a cultura aberta da organização, que podem promover essa integração. As principais barreiras identificadas são a falta de consciencialização e conhecimento sobre deficiência, estereótipos sobre as habilidades de PWD e a falta de flexibilidade da organização. São propostas sete intervenções pelo modelo de mudança de Lewin.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/19500
Thesis identifier: 202345319
Designation: Mestrado em Gestão de Recursos Humanos e Consultadoria Organizacional
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Master_Anne_De_Vreese.pdf1.85 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.