Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/19485
acessibilidade
Title: "O smartphone é o meu crush": crianças e smartphones em contexto de atividades de tempos livres
Authors: Catalão, Anabela Hipólito Peso
Orientador: Reis, Filipe
Keywords: Apropriação
Dimensões
Iludicidade
Interações e perceções
Appropriation
Dimensions
Playfulness
Interactions and perceptions
Issue Date: 10-Dec-2019
Citation: CATALÃO, Anabela Hipólito Peso - "O smartphone é o meu crush": crianças e smartphones em contexto de atividades de tempos livres [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2019. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/19485>.
Abstract: Hoje em dia, as crianças nascem e crescem em ambientes digitais. O "smartphone" é colocado nas mãos das crianças pelos pais como uma forma de recompensação ou de controlo, porém torna-se o seu brinquedo favorito. Por outro lado, as características intrínsecas do "smartphone" fazem dele um verdadeiro agente socializador e facilitador do conhecimento teórico ou prático, tornando-se o recurso mais acessível, desempenhando o papel dos demais agentes, como o da família e da escola. A pesquisa empírica, desenhada em torno destas problemáticas, mostra que as crianças inquiridas passam o dia conectadas com o "smartphone" e em interação constante com os seus pares, principalmente as raparigas, desde que se levantam até que adormeçam. Os resultados revelam que existem diferenças entre rapazes e raparigas na utilização e nas práticas diárias. É na "ludicidade" do smartphone que ambos se aproximam, atingindo elevados níveis de intensidade, principalmente, nos jogos, nas redes sociais e no visionamento de vídeos. A apropriação do "smartphone" pelas crianças começa cedo e está relacionado com o processo de domesticação do mesmo. Durante este processo, a criança desenvolve competências técnicas, sociais e culturais que fazem parte do seu dia a dia, o que faz do "smartphone" uma ferramenta especial e imprescindível para trabalho ou, simplesmente, para se divertirem.
Today, children are born and grow up in digital environments. Parents put the smartphone in the children’s hands in order to compensate or control them, however it becomes their favourite toy. By the other hand, smartphone is a real socializing agent and an enabler of theoretical or practical knowledge, due to its intrinsic features. It is one of the most accessible resource which is increasingly playing the role of other agents, such as family and school. The empirical research, designed around these issues, shows that surveyed children spend all day connected with their smartphones. They are always interacting with their peers, especially girls, from waking up to falling asleep. The survey also shows that in daily uses and practices, there are differences between boys and girls however they are closer in the smartphone "playfulness", reaching intensity high levels, mainly in games, social networks and videos. The smartphone appropriation by children starts early and is related to a process of domestication of this object. During this process, children develop technical, social and cultural skills that are part of their daily lives, which makes the smartphone a special and a must tool of working or simply to enjoy themselves.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/19485
Thesis identifier: 202349586
Designation: Mestrado em Educação e Sociedade
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
master_anabela_peso_catalao.pdf1.2 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.