Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/19465
acessibilidade
Title: A juventude guineense e o desemprego: a perspetiva dos jovens sobre os contornos do (des)emprego na Guiné-Bissau
Authors: Correia, Teodomiro Gomes Sá
Orientador: Carvalho, Ana Larcher
Keywords: Jovem
Desemprego
Emprego
Guiné-Bissau
Demografia
Dividendo demográfico
Sector informal
Emigração
Empreendedorismo
Youth
Employment
Unemployment
Guinea-Bissau
Demography
Demographic dividend
Informal sector
Emigration
Entrepreneurship
Issue Date: 16-Dec-2019
Citation: CORREIRA, Teodomiro Gomes Sá - A juventude guineense e o desemprego: a perspetiva dos jovens sobre os contornos do (des)emprego na Guiné-Bissau [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2019. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/19465>.
Abstract: O desemprego jovem é das problemáticas mais candentes no atual contexto global. O continente africano é um dos mais asfixiados por este fenómeno, com cada vez mais jovens a chegarem à idade ativa sem acesso a emprego no sector formal. No entanto, este desemprego tem características particulares já que, na verdade, a maioria dos jovens tem ocupações no sector informal, ocupações essas precárias e de baixa produtividade. Por este motivo descrevemos a problemática como uma crise do emprego/desemprego. O presente estudo analisa os contornos desta crise do (des)emprego na Guiné-Bissau através de análise bibliográfica, entrevistas a analistas sociais e jovens em Bissau. Dada a complexidade dos fatores que configuram esta crise, o estudo focou-se em alguns. Explorou-se a ligação entre fatores históricos e políticos e a situação do (des)emprego e analisaram-se os efeitos negativos do Ajustamento Estrutural sobre o emprego público. Analisaram-se as estratégias dos jovens para responder a esta crise nomeadamente as atividades informais, o empreendedorismo e a emigração. Finalmente, tentou-se perceber quais as perceções dos jovens em relação à crise do desemprego. Na Guiné-Bissau os jovens entrevistados consideram as atividades informais como biscates. Como tal, ainda que trabalhem, consideram-se desempregados tal é a distância em relação ao tipo de emprego que almejam. Sentem que os empregos formais, que lhes garantiriam a possibilidade de formar família e se tornarem adultos, lhes estão vedados. O empreendedorismo é uma ideia em que não acreditam. Para a grande maioria, a emigração é vista como a única forma de realizarem o seu potencial.
Youth unemployment is one of the burning problems in the current global context. The African continent is one of the most asphyxiated by it, with more and more young people reaching working age without access to formal employment. However, this unemployment has particular characteristics since in fact the majority of young people have occupations in the informal sector, but these are precarious and of low productivity. For this reason, we describe the problem as an employment/unemployment crisis. This study analyses the contours of this (un)employment crisis in Guinea-Bissau through literature review and interviews with social analysts and young people. It starts by highlighting the complexity of the factors that shape this crisis, focused on some of them. The link between historical, political factors and employment was explored as were the negative effects of Structural Adjustment. The strategies of young people to respond to this crisis were analyzed including informal activities, entrepreneurship and emigration. Finally, it tried to understand the perceptions of young people in relation to the (un)employment crisis. In Guinea-Bissau, the young people interviewed consider informal activities to be odd jobs. As such, even if they work, they consider themselves to be unemployed such is the distance from the type of employment they are looking for. They feel that formal jobs are forbidden to them. Entrepreneurship is an alternative they do not believe in. For the vast majority, emigration is seen as the only way to realise their potential.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/19465
Thesis identifier: 202347826
Designation: Mestrado em Estudos de Desenvolvimento
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
master_teodomiro_sa_correia.pdf817.11 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.