Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/19400
acessibilidade
Title: European Union communication redesign: digital platforms role for an active civic participation
Authors: Matos, Guilherme Caeiro de
Orientador: Pereira, Hélia Gonçalves
Keywords: Marketing
Digital communication
Political communication
Marketing político
Comunicação
Comunicação digital
Comunicação política
Issue Date: 29-Nov-2019
Citation: MATOS, Guilherme Caeiro de - European Union communication redesign: digital platforms role for an active civic participation [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2019. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/19400>.
Abstract: The world is nowadays going through a bewildering era. Long decades of political corruption have progressively led to distrust inside countless communities, and Donald Trump’s election is one of the first and most evident consequences of those symptoms. Similar situations have been replicated since, and what is more alarming is that people are accepting it as the new status quo. In Europe, the populist discourse has reemerged, fueled both by the consequences of the 2008 Economic Crisis and the current Refugee Crisis. Exploiting xenophobia, former extremist forces are currently dominating more prominent places than a decade ago. In this daunting scenario, the European Union, acting as a pacification agent, has the enormous responsibility to congregate diverse interests into a common outcome. Simultaneously, it must fight the installed distrust on the project, mobilizing citizens to act and help to decide their country’s faith. The challenge here is, through a communication strategy, regain popular support, especially among younger voters, as they represent the generation who will decide about EU’s future. In a first stage, this case will frame the problem by providing a comprehensive contextualization of the situation, by including relevant academic concepts inside the marketing field. Then, the pedagogical objectives and practical questions will be presented, and, in a final stage, a resolution proposal will be provided. Especially focused on the Portuguese situation, in the end, the objective is to have a clear idea of how can political institutions address their current communication challenges in order to better engage with citizens.
Vivemos hoje numa era desconcertante. Longas décadas de corrupção levaram progressivamente à desconfiança de inúmeras comunidades face aos políticos. Resultado de uma opção extremista, a eleição de Donald Trump é uma das mais evidentes consequências desses sintomas. Desde então, situações semelhantes têm vindo a replicar-se e o mais alarmante é que as populações começam a aceitá-las como o novo status quo. Na Europa, o discurso populista ressurgiu, alimentado pelas consequências da crise económica de 2008 ou pela actual crise dos refugiados. Alimentando-se da xenofobia, as ex-forças extremistas dominam actualmente lugares mais importantes do que há uma década atrás. Neste cenário assustador, a União Europeia, enquanto agente mediador, tem a enorme responsabilidade de traduzir objectivos diversos num objectivo comum. Simultaneamente, precisa de combater a desconfiança instalada no projeto, mobilizando os cidadãos a agir e a decidir o destino do seu país. O desafio aqui reside na comunicação, e em como esta pode ajudar a recuperar o apoio popular, especialmente no eleitorado mais jovem, pois este representa a geração que decidirá o futuro da UE. Numa primeira fase, este caso enquadrará o problema, fornecendo uma contextualização abrangente da situação, incluindo conceitos académicos relevantes dentro do campo do marketing. De seguida, serão apresentados os objetivos pedagógicos e as questões práticas e, subsequentemente, será apresentada uma proposta de resolução. Especialmente focado na situação portuguesa, no final, o objetivo é ter uma ideia clara de como as instituições políticas podem enfrentar os seus actuais desafios de comunicação, a fim de melhor interagirem com os cidadãos.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/19400
Thesis identifier: 202338827
Designation: Mestrado em Marketing
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Master_Guilherme_Caeiro_Matos.pdf4.12 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.