Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/19339
acessibilidade
Title: Século XXI: administração pública e controlo: e agora, o que se segue?
Authors: Sá, Maria Rosa Tobias
Orientador: Gomes, João Salis
Keywords: Administração pública
Auditorias públicas
Governance
Accountability
Big data
Inteligência artificial
Cloud
Auditorias ambientais
Sistemas de informação integrados
Análise de risco
Public Administration
Public audits
Artificial Intelligence
Environmental audits
Integrated information systems
Risk analysis
Governança
Inovação tecnológica
Auditoria
Sistema de informação
Controlo da qualidade
Política da comunicação
Issue Date: 28-Nov-2019
Citation: SÁ, Maria Rosa Tobias - Século XXI: administração pública e controlo: e agora, o que se segue? [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2019. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/19339>.
Abstract: Estudos recentes indicam que o futuro da Administração Pública será mais influenciado por fatores tecnológicos, demográficos, políticos, do que por Reformas anteriores ou teorias emergentes sobre novas Reformas. Com base nos estudos de diversos autores, procurámos identificar desafios e impactos para as Administrações e para os controladores públicos resultantes, entre outros, de Governança, revolução tecnológica, sustentabilidade ambiental, descentralização, sistemas de informação integrados. Pensamos poder concluir que, num futuro próximo, o uso de ferramentas tecnológicas inovadoras permitirá aos auditores públicos concentrar-se na interpretação e julgamento profissional. O controlo proactivo substituirá o controlo reativo. Uma melhor coordenação entre os vários níveis de controle, graças a sistemas integrados de informação e análise de riscos, permitirá aumentar a coerência e a eficácia global do sistema de controlo. As recomendações ganharão tempestividade e pertinência, por via duma colaboração mais aberta com os auditados, maior atenção às expectativas dos stakeholders e ao controlo de qualidade. Investimento em meios técnicos, competências, formação e, claro, vontade política para derrubar barreiras culturais, serão imprescindíveis. A política de comunicação assumese, em todos as áreas analisadas, como um elemento indissociável da capacidade de influência dos controladores ao nível das mudanças pretendidas. Tudo leva a crer que os auditores públicos se adaptarão aos desafios impostos por uma gestão pública cada vez mais complexa, fazendo prova, da flexibilidade, criatividade e agilidade exigidas por estes novos tempos, assim continuando a contribuir para a democratização da sociedade e a defesa do interesse público.
Recent studies indicate that the future of Public Administrations will be influenced mostly by technology, demography, politics, rather than by past Reforms or emerging theories on new Reforms. Based on the studies of a wide range of authors, we tried to identify foreseeable challenges and impacts for Public Administrations and public control entities, of subjects like: Governance, decentralization, technological revolution, integrated information systems, risk analysis, environmental sustainability. Findings indicate that, in near future, the use of technological innovations will enable public auditors to be focused on interpretation and professional judgment. Proactive controls will replace reactive controls. Better coordination between various levels of control through the use of integrated risk analysis and information systems will enhance the overall coherence of the control system. Recommendations will gain timeliness and relevance through a more open collaboration with the auditees, attention to stakeholders’ expectations and quality control. Investments in technical means, new skills, training, etc. will be needed. Political will to overcome certain cultural barriers is also fundamental. Communication policy is an inseparable element of control entities’ ability to influence intended changes and also fundamental to put pressure on accountability. Just as in the past public auditors have adapted to the challenges posed by an increasingly complex public management, everything leads to believe that they will be capable to demonstrate the flexibility, creativity and agility demanded by these new times, thus contributing for the democratization of society and the utmost promotion of public interest.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/19339
Thesis identifier: 202338142
Designation: Mestrado em Administração Pública
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Master_Maria_Tobias_Sa.pdf760.31 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.