Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/19327
acessibilidade
Title: Atitudes face a intervenções governamentais destinadas a reduzir o consumo de açúcar em Portugal
Authors: Pais, Hugo Miguel Maurício
Orientador: Fernandes, Marília Ester Prada
Keywords: Açúcar
Saúde pública
Intervenções governamentais
Aceitação pública
Sugar
Public health
Public policies
Public acceptance
Issue Date: 29-Nov-2019
Citation: PAIS, Hugo Miguel Maurício - Atitudes face a intervenções governamentais destinadas a reduzir o consumo de açúcar em Portugal [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2019. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/19327>.
Abstract: Atualmente, o consumo excessivo de açúcares é um problema de saúde pública. Esta prática, é característica de hábitos alimentares pouco saudáveis, contribuindo para o desenvolvimento de doenças crónicas, de saúde oral e ganho de peso. Dada a prevalência de excesso de peso e de consumo excessivo de açúcar na população portuguesa, é urgente a intervenção. Para este efeito, o governo tem estabelecido políticas para reduzir o consumo de açúcar, como a aplicação de impostos, restrições de marketing, redução da disponibilidade de géneros alimentícios ou campanhas de consciencialização pública. Porém, implementar políticas no domínio público requer a consideração da aceitação pública, caso contrário pode provocar uma avaliação desfavorável e, consequentemente, uma resposta forte com prejuízos na eficácia da medida. Assim, através da aplicação de um questionário online (n = 1010, 76,7% sexo feminino, MIdade = 36,33; DP = 13,22), pedimos aos participantes que indicassem as intervenções para redução do consumo de açúcar aplicadas em Portugal que recordam, e que reportassem as atitudes face a um conjunto de intervenções governamentais (escalas de 7 pontos). Os resultados demonstraram que a taxação é a medida espontaneamente mais evocada, que as intervenções menos intrusivas obtiveram maior apoio (e.g., rótulos com informação nutricional, campanhas de saúde pública) e que a aceitação variou em função de algumas características individuais (e.g., maior aceitação em mulheres e participantes mais velhos). Estas evidências pretendem contribuir para o planeamento e adequação de intervenções futuras nesta área.
Currently, excessive sugar intake constitutes a public health problem. This practice results from unhealthy eating habits, leading to chronic or oral health diseases, and weight gain. Considering the predominance of overweight and sugar over-consumption in the Portuguese context, it is crucial to intervene. In this regard, the government has been defining policies to reduce sugar consumption, such as the application of taxes, marketing restrictions, reduction of the availability of foodstuffs, and campaigns of public awareness. However, the implementation of public policies also requires public acceptance, otherwise, it may result in an unfavorable evaluation and, consequentially, harming the effectiveness of the policy. To address this issue, we applied an online questionnaire (n = 1010, 76,7% female sex, MAge = 36,33; SD = 13,22), and asked participants to indicate all the policies aimed at reducing sugar consumption in Portugal they remember, and to report their behaviors considering a set of public policies (in a seven-point scale). The results showed that: the application of taxes was the most mentioned policy, the less intrusive policies received more support by the public (e.g., front-of-pack labeling, campaigns of public awareness) and also the acceptance of interventions varied according to individual characteristics (e.g., higher acceptance for women and older participants). These evidence aims to contribute to contribute to planning and adaptation of future policies in this area.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/19327
Thesis identifier: 202332934
Designation: Mestrado em Psicologia Social e das Organizações
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Master_Hugo_Mauricio_Pais.pdf790.28 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.