Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/19326
Full metadata record
acessibilidade
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMartins, Dulce Sofia Mendonça-
dc.contributor.authorFreitas, Ana Catarina Fonseca-
dc.date.accessioned2020-01-14T12:29:43Z-
dc.date.available2020-01-14T12:29:43Z-
dc.date.issued2019-11-28-
dc.date.submitted2019-09-
dc.identifier.citationFREITAS, Ana Catarina Fonseca - A relação da perceção de autoeficácia na intenção de saída da profissão docente: o papel da satisfação profissional e do stress no trabalho [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2019. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/19326>.pt-PT
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10071/19326-
dc.description.abstractEste estudo procura compreender o que leva os docentes portugueses a sair da sua profissão, tendo em conta a perceção de autoeficácia , mediante a satisfação profissional. Especificamente, se o stress no trabalho pode moderar esta relação, sendo associado à diminuição da satisfação profissional e à maior intenção de saída da profissão docente. Foi realizado um questionário através da plataforma Qualtrics a 192 docentes portugueses, da zona metropolitana de Lisboa, com idades compreendidas entre os 21 e 68 anos (M = 50.04; DP = 8.57), sendo 81.8% do sexo feminino, dos quais 28.6% lecionava o Ensino Básico – 3º Ciclo, encontrando-se os restantes distribuídos pelo Ensino Secundário (23.4%), Ensino Básico – 2º Ciclo (16.1%), Ensino Básico – 1º Ciclo (13.5%), Ensino Superior (11.5%) e Ensino Pré-escolar (6.8%). Os resultados indicam que quando os professores se percecionam como autoeficazes tendem a sentir-se mais satisfeitos profissionalmente e, por isso, não evidenciam intenção de saída da profissão docente, mostrando um efeito mediador da satisfação profissional que permite explicar a relação entre a perceção de autoeficácia e a intenção de saída da profissão. Porém, não se verifica nenhum efeito significativo da variável moderadora stress no trabalho na relação entre a perceção de autoeficácia docente e a satisfação profissional, uma vez que os resultados revelam baixos níveis de stress no trabalho associados a altos níveis de perceção de autoeficácia, influenciando, assim, a não intenção de saída da profissão docente.por
dc.description.abstractThis study aims to understand what leads Portuguese teachers to leave their profession, considering a perception of self-efficacy upon a professional satisfaction. Specifically, if job stress has a moderator effect in this relationship, being associated with decreased professional satisfaction and greater intention to leave the teaching profession. A questionnaire was conducted through the Qualtrics platform in 192 Portuguese teachers, living in Lisbon, aged between 21 and 68 years (M = 50.04; SD = 8.57), of which 81.8% are female. 28.6% taught Basic Education – 3rd Cycle, and the remaining were distributed by Secondary Education (23.4%), Basic Education – 2nd Cycle (16.1%), Basic Education – 1st Cycle (13.5%), Higher Education (11.5%) and Preschool Education (6.8%). The results show that when teachers have self-efficacy perception, they feel more job satisfaction and, therefore, do not show the intention of leaving the teaching profession, showing a mediating effect of job satisfaction that allows us to display a relationship between self-efficacy perception and the intention to leave the profession. However, the results show a non-significant effect of the moderator variable, job stress, on the relationship between teacher self-efficacy perception and job satisfaction, given that the results reveal low levels of job stress are associated with high levels of self-efficacy perception. That influences the non-intention of leaving the teaching profession.por
dc.language.isoporpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectPerceção de autoeficáciapor
dc.subjectStress no trabalhopor
dc.subjectSatisfação profissionalpor
dc.subjectIntenção de saída da profissãopor
dc.subjectDocentes portuguesespor
dc.subjectSelf-efficacy perceptionpor
dc.subjectJob stresspor
dc.subjectJob satisfactionpor
dc.subjectIntention to leave professionpor
dc.subjectPortuguese teacherspor
dc.titleA relação da perceção de autoeficácia na intenção de saída da profissão docente: o papel da satisfação profissional e do stress no trabalhopor
dc.typemasterThesispor
dc.peerreviewedyespor
dc.identifier.tid202332810por
dc.subject.fosDomínio/Área Científica::Ciências Sociais::Psicologiapor
thesis.degree.nameMestrado em Psicologia Social e das Organizaçõespor
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Master_Ana_Fonseca_Freitas.pdf515.78 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.