Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/19218
acessibilidade
Title: A relação entre responsabilidade social das organizações e identificação organizacional: mediação pelo ajustamento pessoa-organização e o papel dos valores sociais
Authors: Silva, Ana Catarina Mota da
Orientador: Duarte, Ana Patrícia
Neves, José Gonçalves das
Keywords: Responsabilidade social das organizações
Identificação organizacional
Ajustamento pessoa-organização
Psicologia organizacional
Comportamento organizacional
Relação pessoa-organização
Valores sociais
Corporate Social Responsibility
Organizational identification
Person-Organization fit
Social values
Issue Date: 7-Nov-2019
Citation: SILVA, Ana Catarina Mota da - A relação entre responsabilidade social das organizações e identificação organizacional: mediação pelo ajustamento pessoa-organização e o papel dos valores sociais [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2019. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/19218>.
Abstract: A Responsabilidade Social das Organizações (RSO) tem-se tornado, cada vez mais, um tópico de interesse para as organizações, incluindo nas suas estratégias de gestão, sendo que entidades como a Comissão Europeia têm incentivado o envolvimento das organizações em práticas socialmente responsáveis. A perceção desse envolvimento está relacionada com atitudes e comportamentos dos trabalhadores, em contexto laboral. Neste estudo, pretendeu-se perceber se a perceção das dimensões de RSO (RSO perante a Comunidade e Ambiente, RSO Económica e RSO perante os Trabalhadores) está relacionada com a identificação do indivíduo com a sua organização (Identificação Organizacional - IO), e se a perceção de que este se ajusta à organização (Ajustamento Pessoa-Organização – APO) explica esta relação. Também se considerou importante perceber se os Valores Sociais do indivíduo (Autranscendência) moderam a relação entre a RSO percecionada e a perceção de APO, tornando-a mais forte. Para analisar estas relações, foi aplicado um questionário online, constituído por sete escalas, a uma amostra de 202 participantes, com idades entre os 21 e 65 anos (55.4% do sexo masculino e 91.6% com escolaridade ao nível do Ensino Superior ou similar). Os resultados obtidos indicam que apenas a RSO Trabalhadores está significativamente associada à IO, verificando-se o papel mediador do APO, ou seja, maiores níveis de perceção de RSO Trabalhadores estão relacionados com maior perceção de ajustamento à organização, a qual, por sua vez, está relacionado com maior identificação com a organização. Contudo, os Valores sociais não se revelaram um papel moderador nas relações entre as três dimensões da RSO e o APO. Estes resultados são discutidos, bem como as limitações do estudo, sendo sugeridas linhas para investigações futuras. O presente trabalho contribui para reforçar a literatura na área da RSO, bem como salientar a sua importância no ajustamento e identificação que os indivíduos sentem relativamente à sua organização.
Corporate Social Responsability (CSR) has increasingly become a topic of interest to organizations, in their management strategies, and entities such as the European Commission have encouraged organizations to take part in socially responsible practices. The perception of this involvement is related to employees’ attitudes and behaviors, at the workplace. In this study, it was sought to understand if CSR’s dimensions (Community and Environment, Economic and Employees) are related to the individuals’ Organizational Identification (OI) and if their perception that they fit the organization (Person-Organization Fit – PO Fit) explains this relationship. It was also considered important to understand if the Social Values of the individual (Self-transcendence) moderate the relationship between perceived CSR and PO Fit perceptions, making it stronger. To analyze these relationships, an online questionnaire, consisting of seven scales, was applied to a sample of 202 participants, aged between 21 and 65 years (55.4% male and 91.6% with Higher education or equivalent). The results indicate that only CSR Employees is significantly associated with OI, with the mediating role of PO Fit being verified, which means that higher levels of perceived CSR Employees are related to higher perceived fit, which, in turn, is related to higher identification with the organization. However, Social Values did not prove to have a moderating role in the relationships between the three dimensions of CSR and PO Fit. These results are discussed, as well as the limitations of the study. Suggestions for future research are given. The present work contributes to reinforce the literature about CSR, as well as to emphasize its importance in the fit and identification that individuals feel regarding their organization.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/19218
Thesis identifier: 202299554
Designation: Mestrado em Psicologia Social e das Organizações
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Master_Ana_Mota_Silva.pdf783.72 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.