Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/19208
acessibilidade
Title: Performance eleitoral dos partidos de extrema-direita na Europa entre 1990 e 2018
Authors: Matadinho, Diogo Alexandre Pedroso
Orientador: Belchior, Ana Maria
Keywords: Extrema direita
Eleições legislativas
Partidos políticos
Voto
União Europeia -- 1990-2018
Far-right
Elections
Parties
Vote
Issue Date: 6-Nov-2019
Citation: MATADINHO, Diogo Alexandre Pedroso - Performance eleitoral dos partidos de extrema-direita na Europa entre 1990 e 2018 [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2019. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/19208>.
Abstract: Nos últimos anos assistiu-se ao avanço dos partidos de extrema-direita em diferentes países do continente europeu, protagonizando várias modificações nos respetivos sistemas partidários. Este crescimento que não se resumiu à obtenção de lugares parlamentares e de oposição como também na exerção de cargos de governo ou apoio parlamentar. Analisando as eleições legislativas nos 28 estados-membros da União Europeia, desde 1990 até 2018, esta dissertação centra-se na análise aos fatores explicativos que motivam o voto nos partidos de extrema-direita. Incidindo sobre 138 partidos de extrema-direita e 221 eleições legislativas, realizou-se uma análise multivariada através de regressões lineares múltiplas, formulando-se dois modelos de análise. O primeiro contempla os fatores mais salientados na literatura (crise económica, imigração e o envelhecimento populacional), por sua vez, o segundo engloba, além destas variáveis, outras que permitam explicar a variação do voto eleitoral (escolaridade, criminalidade/terrorismo e a qualidade democracia). No geral, o segundo modelo de análise apresenta uma correlação mais forte entre o voto eleitoral nos partidos de extrema-direita e o conjunto de fatores explicativos.
In the past few years there has been an advancement of far-right parties in different countries of the European continent, leading to many changes in their party systems. This growth has not only been about getting parliamentary and opposition seats, but also in holding positions of government or parliamentary support. Analyzing the legislative elections in the 28 member states of the European Union, from 1990 to 2018, this dissertation focus on the analysis of the explanatory factors that motivate the vote in the far right parties. Highlighting on 138 far-right parties and 221 legislative elections, a multivariate analysis was performed through multiple linear regressions, formulating two analysis models. The first one includes the most highlighted factors in the literature (economic crisis, immigration and the ageing population). The second one includes, besides these variables, others that explain the variation of the electoral vote (education, crime/terrorism and the quality of the democracy). In general, the second model of analysis shows a stronger correlation between the electoral vote in the far right parties and the set of explanatory factors.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/19208
Thesis identifier: 202299066
Designation: Mestrado em Ciência Política
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Master_Diogo_Pedroso_Matadinho.pdf1.32 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.