Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/19119
acessibilidade
Title: Employee benefits: a qualitative research study on the perceptions of HR-professionals with a strategic point of view on the use of flexibility, communication and employee involvement
Authors: Geert, Jessica Alfonsine G Van
Orientador: Duarte, Henrique Manuel Caetano
Keywords: Compensation
Flexibility
Employee benefits
Employee benefits communication
Strategic rewards
Compensação
Flexibilidade
Benefícios dos funcionários
Comunicação dos benefícios dos empregados
Renumeração estratégica
Issue Date: 11-Nov-2019
Citation: GEERT, Jessica Alfonsine G Van - Employee benefits: a qualitative research study on the perceptions of HR-professionals with a strategic point of view on the use of flexibility, communication and employee involvement [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2019. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/19119>.
Abstract: In today’s highly competitive environment, the goal of organizations is to recruit, retain and stimulate employees to give high quality performance, which may be achieved by a welldeveloped renumeration system and a wide range benefits. As flexibility is an increasing important aspect within the business environment, we notice the importance of flexibility within benefits which leads that different choices of benefits are increasing and makes the field of benefit communications has becoming more complex. It was the aim of this project to broaden understanding on flexibility within the employee benefits with a strategic point of view, the communication processes and how high the employee involvement is. This paper reports results from a qualitative research with semistructured interviews with HR professionals to examine their perceptions on employee benefit communication. The interview addressed the strategic approach to benefits, the prevalence of particular communication channels, the perceived effectiveness of those channels, the importance of employee benefit communication within the HR and company strategy and the involvement of employees. Results indicate that organizations are following from strategic perspective more institutionalized approaches rather than make the choice for following a differentiation strategic on their competitors. Employee benefit communication is still not high on the agenda of HR but still some organizations are already aware that by introducing flexibility within employee benefits, the communication process is becoming more and more important.
No ambiente altamente competitivo de hoje, o objetivo das organizações é recrutar, reter estimular funcionários a fornecer desempenho de alta qualidade, o que pode ser alcançado por um sistema de renumeração bem desenvolvido e por uma ampla gama de benefícios. Como a flexibilidade é um aspecto cada vez mais importante no ambiente de negócios, percebemos a importância da flexibilidade nos benefícios, o que leva a que diferentes opções de benefícios estejam aumentando e faz com que o campo das comunicações em benefícios se torne mais complexo. O objetivo deste projeto era ampliar a compreensão da flexibilidade dentro dos benefícios dos funcionários, com um ponto de vista estratégico, os processos de comunicação e quão alto é o envolvimento dos funcionários. Este artigo relata resultados de uma pesquisa qualitativa com entrevistas semiestruturadas com profissionais de RH para examinar suas percepções sobre a comunicação de benefícios dos funcionários. A entrevista abordou a abordagem estratégica dos benefícios, a prevalência de determinados canais de comunicação, a efetividade percebida desses canais, a importância da comunicação de benefícios dos funcionários na estratégia de RH e da empresa e o envolvimento dos funcionários. Os resultados indicam que as organizações estão seguindo, da perspectiva estratégica, abordagens mais institucionalizadas, em vez de optar por seguir uma diferenciação estratégica para seus concorrentes. A comunicação dos benefícios dos funcionários ainda não está no topo da agenda do RH, mas algumas organizações já sabem que, ao introduzir flexibilidade nos benefícios dos funcionários, o processo de comunicação está se tornando cada vez mais importante.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/19119
Thesis identifier: 202317021
Designation: Mestrado em Gestão de Recursos Humanos e Consultadoria Organizacional
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Master_Jessica_Van_Geert.pdf962.14 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.