Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/18982
acessibilidade
Title: As ‘princesas’ e os ‘campeões’: processos de imposição e aprendizagem de género numa sala de jardim-de-infância
Authors: Godinho, Filipa
Orientador: Vasconcelos, Pedro
Keywords: Género
Infância
Interação de grupo
Aprendizagem
Gender
Childhood
Enforcement and learning processes
Issue Date: 30-Oct-2019
Citation: GODINHO, Filipa - As ‘princesas’ e os ‘campeões’: processos de imposição e aprendizagem de género numa sala de jardim-de-infância [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2019. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/18982>.
Abstract: O estudo sociológico das crianças, tendo surgido no âmbito das teorias feministas, esteve, desde o seu início, relacionado com o estudo do género. A questão da dualidade entre estrutura e ação, ou seja, do género como imposto às crianças pelos adultos, por um lado, e do género enquanto performance das próprias crianças, por outro, esteve na origem de muitos trabalhos realizados acerca desta temática. Estando obviamente embrenhadas uma na outra, estrutura e ação, relacionam-se entre si através de regras, a nível normativo, através de espaços (leia-se instituições) e rituais intrínsecos a esses mesmos espaços, a nível institucional, e, ainda, através de relações estabelecidas entre atores sociais, a nível interacional. Neste sentido, e através desses três níveis, procurou-se, na presente dissertação, dar resposta à dualidade entre estrutura e ação, estabelecendo uma relação entre aquilo que é imposto pelos adultos e aprendido pelas crianças, e aquilo que é performado pelas mesmas. Assim sendo, recorreu-se à observação semi-participante de uma sala de jardim-de-infância com recurso ao diário de campo, e, como complemento, realizou-se observação participante em contexto de babysiting com duas crianças da sala observada, três focus group com todas as crianças da sala e uma entrevista à educadora. A análise do material empírico através de uma grelha de análise dividida entre os níveis acima referidos, deu conta de alguns aspetos da performance das crianças que vão no sentido de resistir ao que lhes é imposto, no entanto, verificou-se uma forte sobreposição dos processos de imposição e de aprendizagem do género, enquanto conjunto de esquemas normativos, institucionais e interacionais desiguais, que reproduzem essa mesma desigualdade.
The sociological study of children, having emerged within the scope of feminist theories, was, since its inception, related to the study of gender. The question of the duality between structure and action, that is, of gender as imposed on children by adults, on the one hand, and of gender as performance of children themselves, on the other, was the source of much work on this subject. Being obviously embedded in each other, structure and action, relate through rules, at the normative level, through spaces (i.e. institutions) and rituals which are intrinsic to those spaces, at the institutional level, and also through the relationships established between social actors, at the interactional level. In this sense, and through these three levels, the present dissertation sought to respond to the duality between structure and action, establishing a relationship between what is imposed by adults and learned by children, and what is performed by them. Thus, a semi-participant observation method was used in a kindergarten room using ethnographic field work and diary, and, in addition, participant observation in the context of babysitting two children of the observed room, three focus group with all the children in the room and an interview with the educator were performed. The empirical material was divided for analysis between the levels mentioned above. Even though the analysis revealed some aspects of resistance in the children’s performance, mostly there was an overlap of the processes of imposition and learning of gender, seen as a set of unequal normative, institutional and interactional schemes that reproduce this inequality.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/18982
Thesis identifier: 202295370
Designation: Mestrado em Sociologia
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Master_Filipa _Torgal_Godinho.pdf549.38 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.