Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/18839
acessibilidade
Title: O papel do suporte social na saúde mental de vítimas de violência na idade adulta
Authors: Palma, Raquel da Conceição Santos
Orientador: Magalhães, Eunice Vieira
Keywords: Psicologia social
Violência doméstica
Vítima
Adulto -- Adult
Apoio social -- Social support
Saúde mental
Bem-estar -- Well-being
Psicopatologia
Victimization
Mental health
Issue Date: 19-Jul-2019
Citation: Palma, R. da C. S. (2019). O papel do suporte social na saúde mental de vítimas de violência na idade adulta [Dissertação de mestrado, Iscte - Instituto Universitário de Lisboa]. Repositório Iscte. http://hdl.handle.net/10071/18839
Abstract: Os estudos desenvolvidos ao longo dos anos nesta área centram-se essencialmente na violência nas relações de intimidade (e.g. conjugal ou namoro), assim como na saúde mental das vítimas do ponto de vista dos problemas psicopatológicos, sendo escasso o investimento ao nível do bem-estar. Do mesmo modo, importa compreender de que forma o suporte social se afigura como fator protetor face às experiências de vitimação nos múltiplos contextos relacionais (e não só nas relações de intimidade), a partir de uma perspetiva holística da saúde mental, que inclui o bem-estar e a psicopatologia. Deste modo, a presente revisão sistemática tem como objetivo providenciar evidências acerca do papel do suporte social na saúde mental das vítimas na idade adulta. A pesquisa foi realizada com recurso ao PRISMA. Foram utilizadas oito bases de dados e a pesquisa resultou em 1815, dos quais 1767 foram analisados ao nível do título e resumo, sendo que no final do processo de seleção, foram integrados na presente revisão 30 estudos. Os resultados sugerem que o suporte social apresenta efeitos diretos positivos na saúde mental de vítimas na idade adulta, assim como um papel moderador na relação entre as experiências de vitimação e a saúde mental.
The studies developed in this topic have been mainly focused on the intimate partners’ violence as well as in the victims’ mental health in terms of psychopathological problems, and the investment in the well-being dimension is scarce. It is also important to understand how social support could be a protective factor against victimization experiences, in multiple relational contexts (and not only in intimacy relationships), from a holistic perspective of mental health which includes well-being and psychopathology. The present systematic review aims to provide evidence on the role of social support in the victims’ mental health during the adulthood. The research was carried out using PRISMA. Eight databases were used and the research resulted in 1815 of which 1767 were analyzed on title and abstract. At the end of the selection process, 30 studies were included in the review. The evidence suggests that social support has positive direct effects on the mental health of victims in adulthood, as well as a moderating role in the relationship between victimization experiences and mental health.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/18839
Thesis identifier: 202266591
Designation: Mestrado em Psicologia Comunitária, Proteção de Crianças e Jovens em Risco
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
master_raquel_santos_palma.pdf883.01 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.