Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/18767
acessibilidade
Title: A atribuição da causa do cancro da mama, perceção de risco e o locus de controlo de saúde nas mulheres Portuguesas: Predição da intenção comportamental
Authors: Pereira, Sabrina Medina
Orientador: Camilo, Cristina Maria Lopes
Keywords: Psicologia da saúde
Psicologia social
Cancro da mama -- Breast cancer
Mulher
Perceção do risco
Análise comportamental -- Behavioral analysis
Portugal
Causal attribution
Risk perception
Health locus of control
Preventive behavioral intention
Issue Date: 21-Dec-2018
Citation: Pereira, S. M. (2018). A atribuição da causa do cancro da mama, perceção de risco e o locus de controlo de saúde nas mulheres Portuguesas: Predição da intenção comportamental [Dissertação de mestrado, Iscte - Instituto Universitário de Lisboa]. Repositório Iscte. http://hdl.handle.net/10071/18767
Abstract: Atualmente, o cancro da mama é a segunda neoplasia mais comum a nível mundial e mais frequentemente diagnosticada nas mulheres. É vulgarmente compreendido como algo que destrói e acarreta um impacto inimaginável na vida das mulheres, o que tem implicações nas suas representações de saúde e doença e, por conseguinte, nos seus comportamentos. O presente estudo experimental manipula a atribuição causal num plano 2x2 e tem como objetivo explorar os efeitos desta manipulação no tipo de causas atribuídas ao cancro da mama, na perceção de risco, no locus de controlo e na intenção comportamental preventiva associados ao cancro da mama. A amostra foi constituída por 252 mulheres portuguesas, com idade média de 27 anos (DP=8.64). Os dados foram recolhidos através de um questionário de autorrelato, no qual foram avaliadas as variáveis da atribuição causal, perceção de risco, locus de controlo e intenção comportamental. Os resultados demonstram que apenas a intenção comportamental preventiva apresenta resultados significativos no que respeita à manipulação da atribuição causal.
Breast cancer is the second most common neoplasm worldwide and the most diagnosed in women. It is commonly understood as something that destroys and has an unimaginable impact on women’s lives, which has implications for their health and disease perceptions and therefore for their behaviors. The present experimental study manipulates causal attribution and aims to explore the effects of this manipulation on the type of causes attributed to breast cancer, risk perception, locus of control and preventive behavioral intention. Two hundred and fifty-two Portuguese women participated on this study, with a mean age of 27 years old (SD=8.64). Data was collected through a self-report questionnaire that evaluated the variables of causal attribution, risk perception, locus of control and intention to engage with healthy behaviors. The results show that only preventive behavioral intention presents significant results regarding due the manipulation of causal attribution.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/18767
Thesis identifier: 202177912
Designation: Mestrado em Psicologia Social da Saúde
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
master_sabrina_medina_pereira.pdf1.1 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.