Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/18570
acessibilidade
Title: Hotel Palácio Estoril: turismo e lazer em tempos de mudança (1930-1945)
Authors: Vicente, Gracinda Maria Gil Marques Borrero
Orientador: Vaz, Maria João
Keywords: Turismo
Desenvolvimento económico
Empreendimento turístico
Segunda Guerra Mundial
Estoril - 1930-1945
Hotel Palace
Tourism
Fausto de Figueiredo
World War II
Issue Date: 18-Jun-2019
Citation: VICENTE, Gracinda Maria Gil Marques Borrero - Hotel Palácio Estoril: turismo e lazer em tempos de mudança (1930-1945) [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2019. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/18570>.
Abstract: Pretendo estudar, nesta dissertação, o papel pioneiro do Hotel Palácio Estoril, como agente de mudança, tendo em vista a promoção e o desenvolvimento económico e social da zona e da região. A escolha do periodo de 1930 a 1945 é justificada pela importância que o hotel representou a nivel social, politico, económico e cultural em Portugal, desde o ano da sua inauguração até ao fim de Segunda Guerra Mundial. A história do Palácio Hotel é indissociavel do projecto de criação do Estoril, enquanto estância de turismo de renonome internacional. Desde finais do século XIX que se acalentava este projecto, só concretizado nos anos 30 do século seguinte, num contexto político diferente daquele que existia quando o projeto começou a ser referido. Fausto de Figueiredo foi o empreendedor determinante na realização deste projecto. Envolveu a sociedade civil e a política, recorreu aos seus contatos internacionais, utilizou a propaganda nacional e pessoal e, contra “tudo e todos”, conseguiu que, em 30 de agosto 1930, fosse inaugurado o grandioso Hotel Palácio. Nesta dissertação procura-se demonstrar que a existência desta infraestrutura de turismo originou uma alteração nos comportamentos, formando grupos de influência, ao mesmo tempo que promoveu o desenvolvimento económico da região. Para melhor compreender este fenómeno, além da consulta e análise de bibliografia, recorreu-se a fontes primárias. Nesse sentido, foi feito uma pesquisa nos jornais e revistas da região do Estoril para o período de 1930 a 1945; consultaram-se as Actas do Fundo de Turismo da Costa do Sol, conservadas no Arquivo Histórico da Câmara Municipal de Cascais, para o período que vai de 1930 a 1945; foram consultados os Albúns de Fotografias produzidas na época no Palácio Hotel, para o período de 1930 a 1945, e que estão atualmente à guarda do Arquivo Histórico da Câmara Municipal de Cascais, foram consultadas e analisados dados estatísticos existentes no Instituto Nacional de Estatística; consultou-se e analisouse os Boletins de Alojamento de Estrangeiros no Palácio Hotel, para o periodo de 1939- 1945; entrevistou-se uma funcionária do Hotel Palácio. Por fim, recorreu-se ainda ao levantamento e interpretação de documentação variada existentes no Centro de Documentação do Turismo de Portugal.
I intend to study, in this dissertation, the pioneering role of the Hotel Palácio Estoril, as agent of change, in view of the promotion and economic and social development of the area and the region. The choice of the period from 1930 to 1945 is justified by the importance that the hotel represented at the social, political, economic and cultural level in Portugal, from the year of its inauguration until the end of World War II. The history of Palácio Hotel is indissociable from the Estoril creation project as an internationally renowned tourist resort. Since the end of the nineteenth century, this project was celebrated only in the 30s of the following century, in a different political context from the one that existed when the project began to be referred to. Fausto de Figueiredo was the decisive entrepreneur in the realization of this project. It involved civil society and politics, resorted to its international contacts, used national and personal propaganda and, against "everything and everyone", succeeded in opening the grandiose Hotel Palace on August 30, 1930. This dissertation tries to demonstrate that the existence of this tourism infrastructure originated a change in the behaviors, forming groups of influence, at the same time that it promoted the economic development of the region. In order to better understand this phenomenon, in addition to consulting and analyzing bibliography, primary sources were used. In this sense, a survey was made in the newspapers and magazines of the region of Estoril for the period from 1930 to 1945; the records of the Costa do Sol Tourism Fund were consulted, preserved in the Historical Archive of the Cascais City Hall, for the period from 1930 to 1945; the Albuns of Photographs produced at that time in the Palácio Hotel, from 1930 to 1945, which are currently under the custody of the Historical Archives of the Cascais City Hall, were consulted and analyzed by the National Statistical Institute; it was consulted and analyzed the Bulletins of Accommodation of Foreigners in the Palace Hotel, for the period of 1939-1945; an employee of the Hotel Palacio was interviewed. Finally, it was also used the survey and interpretation of varied documentation existing in the Documentation Center of Tourism of Portugal.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/18570
Thesis identifier: 202256790
Designation: Mestrado em História Moderna e Contemporânea
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Master_Gracinda_Borrero_Vicente.pdf5.78 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.