Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/18514
acessibilidade
Title: Processamento emocional numa língua nativa e numa segunda língua
Authors: Flávio, Pedro Henrique Fernandes
Orientador: Garrido, Margarida Vaz
Saraiva, Magda
Keywords: Linguagem
Processamento da linguagem
Native language
Second language
Embodiment
Affective grounding
Sensorimotor grounding
Issue Date: 6-Dec-2018
Citation: FLÁVIO, Pedro Henrique Fernandes - Processamento emocional numa língua nativa e numa segunda língua [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2018. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/18514>.
Abstract: A investigação tem repetidamente demonstrado que existem diferenças na forma como processamos situações de carga emocional significativa numa língua nativa (L1) e numa segunda língua (L2). Estas diferenças assentam nos diferentes contextos de aquisição e utilização das duas línguas: um contexto mais naturalista com maiores oportunidades de experiência afetiva e sensório-motora (L1), e um contexto mais formal onde tais oportunidades são mais limitadas (L2). No presente trabalho pretendemos averiguar experimentalmente esta questão através da análise da produção linguística de eventos emocionais nas duas línguas. Colocou-se como hipótese que em L1 tais produções seriam gramaticalmente mais concretas (e.g., maior utilização de verbos) e em L2 mais abstratas (e.g., menor utilização de verbos). Para tal, foi pedido aos participantes (N=54), que reportassem eventos de carga emocional significativa quer em L1 (Português Europeu) quer em L2 (Inglês). Os resultados mostraram em ambas as línguas (L1 e L2), uma maior prevalência do recurso a nomes, comparativamente a verbos e adjetivos. Especificamente, a diferença entre nomes e verbos foi significativa em L1, mas tal não se observou em L2, sugerindo que, ao contrário do esperado, o recurso a categorias gramaticais abstratas foi mais elevado em L1 do que em L2. As limitações do estudo são discutidas, sugerindo hipóteses alternativas e futuras direções de investigação.
Research has repeatedly shown that there are differences in how people process situations of significant emotional load in a native language (L1) and in a second language (L2). These differences are based on the different contexts of acquisition and use of the two languages: a more naturalistic context with greater opportunities for affective and sensorimotor experience (L1), and a more formal context where such opportunities are more limited (L2). In the present work we experimentally investigated this question through the analysis of the linguistic production of emotional events in both languages. It was hypothesized that such productions would be grammatically more concrete (e.g., greater use of verbs) in L1 and more abstract in L2 (e.g., lower use of verbs). For this purpose, participants (N = 54) were asked to report events of significant emotional load in either L1 (European Portuguese) or L2 (English). The results showed in both languages (L1 and L2) a greater prevalence of the use of nouns compared to verbs and adjectives. Crucially, the difference between nouns and verbs was significant in L1, but this was not observed in L2, suggesting that, contrary to our predictions, the use of abstract grammatical categories was higher in L1 than in L2. The limitations of the study are discussed, suggesting alternative hypotheses and future research directions.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/18514
Thesis identifier: 202186334
Designation: Mestrado em Psicologia Social e das Organizações
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
master_pedro_fernandes_flavio.pdf573.48 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.