Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/18305
acessibilidade
Title: Gluten, with or without it: the impact of color of "gluten-free" and "with-gluten" claims in food perception
Authors: Rosendo, Filipe Alexandre Recto
Orientador: Prada, Marília
Keywords: Gluten
Gluten-free diet
Food labelling
Food claims
Caloric content
Healthiness
Taste
Psicologia do comportamento
Comportamento do consumidor
Comércio alimentar
Cultura alimentar
Visualização da informação
Perceção visual
Issue Date: 16-Nov-2018
Citation: ROSENDO, Filipe Alexandre Recto - Gluten, with or without it: the impact of color of "gluten-free" and "with-gluten" claims in food perception [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2018. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/18305>.
Abstract: Various trends emerge frequently concerning healthy eating and gluten-free products are one of the most relevant at the moment. The present research has the goal of understanding how information regarding this component (claims “with-gluten” and “gluten-free) on the package of food products impacts the consumer’s evaluations of healthiness, caloric content and taste. We also seek to understand how the manipulation of the color of this label (green and red) can lead to a change in said evaluations. In this experimental study conducted online (Qualtrics) voluntarily participated 370 subjects (77.6% women, Mage = 28.57, SD = 10.61) distributed randomly between six conditions of the design: 3 (gluten-free, with-gluten and control) x 2 (red and green). The task consisted on the evaluation of 12 items from two distinct food categories – biscuits and bakery goods. We verified that subjects tend to consider products with the claim “gluten-free” as healthier and less caloric than others without claim; the “with gluten” condition did not differ significantly from the control condition neither from the “gluten-free” one. The manipulation of color did not impact significantly any of the evaluations. Nor did de evaluations of taste differ significantly for any of the conditions of the independent variables. It is also relevant to mention that the self-evaluated knowledge of gluten tends to be underestimated – when compared to objective knowledge – and that a gluten-free diet is thought of as superior to a conventional diet. This investigation represents a contribution for the understanding of how consumers perceive aliments and how this type of informational instruments can bias their food choices.
Várias modas emergem frequentemente no que diz respeito à alimentação saudável e os produtos livres de glúten são uma das mais relevantes atualmente. A presente investigação tem como objetivo entender o impacto da informação relativamente à presença ou ausência deste componente nas embalagens de produtos alimentares (rótulos “com glúten” e “sem glúten”) na perceção dos alimentos. Propomo-nos ainda a entender de que forma a manipulação da cor deste rótulo (verde vs. vermelho) pode influenciar tais avaliações. Neste estudo experimental conduzido online (Qualtrics) colaboraram voluntariamente 370 participantes (77.6% mulheres, MIdade = 28.57 DP = 10.61) distribuídos aleatoriamente pelas seis condições resultantes do delineamento : 3 (livre de glúten; contém glúten; control) x 2 (verde; vermelho). A tarefa consistia em avaliar um conjunto de 12 exemplares de produtos alimentares (e.g., diferentes tipos de pão e bolachas) relativamente à sua salubridade, teor calórico e sabor. Verificou-se que os participantes tendem a considerar mais saudáveis e menos calóricos os alimentos que possuem o rótulo “sem glúten” comparativamente a alimentos sem qualquer rotulagem. Porém, a condição “com glúten” não se diferenciou significativamente diferente da condição “sem glúten” ou da de controlo. Não se verificou um impacto direto da manipulação da cor na perceção dos alimentos, nem uma interação deste fator com o tipo de rótulo. As avaliações de sabor não diferiram significativamente entre as condições de nenhuma das variáveis independentes. É ainda relevante mencionar que os sujeitos tendem a subestimar o seu conhecimento relativamente ao glúten – quando comparado com o seu conhecimento objetivo – e que estes entendem uma dieta livre de glúten como sendo superior a uma dieta convencional. Esta investigação representa uma contribuição para entender como os consumidores percebem os alimentos e de que forma este tipo de instrumentos informativos podem enviesar as suas escolhas alimentares.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/18305
Thesis identifier: 202169138
Designation: Mestrado em Psicologia Social e das Organizações
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Master_Filipe_Recto_Rosendo.pdf1.51 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.