Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/18295
acessibilidade
Title: Attachment in adolescence: associations with internalizing and externalizing behavior
Authors: Brandes, Sara Carolin Coelho
Orientador: Monteiro, Lígia
Salvaterra, Fernanda
Keywords: Attachment
Adolescence
Internalizing behavior
Externalizing behavior
Psicologia do comportamento
Adolescência
Participação dos pais
Issue Date: 19-Dec-2018
Citation: BRANDES, Sara Carolin Coelho - Attachment in adolescence: associations with internalizing and externalizing behavior [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2018. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/18295>.
Abstract: This study aims to investigate the relation between mother, father and peer attachment during adolescence and possible associations with social adjustment using self-evaluation questionnaires. It is expected to find different groups of adolescents based on their perceptions of their attachment relationships. It is to be verified if there exist differences between the groups for social adjustment, more specifically internalizing and externalizing behavior. 134 adolescents of aged ranging from 15 to 18 participated and it was possible to identify three groups of which two show similar attachment scores for parents and peers, while the other group reports lower scores for both fathers and mother, than for peers. A negative relation between secure attachment and internalizing and externalizing behavior was found.
Este estudo pretende investigar a relação entre a vinculação às mães, aos pais e aos pares durante a adolescência, e a sua associação com comportamentos internalizantes e externalizantes, utilizando questionários de autoavaliação. Deste modo espera-se encontrar diferentes grupos de adolescentes, com base nas perceções que têm das suas relações de vinculação. Pretende-se ainda verificar se existem diferenças entre os grupos relativamente ao ajustamento social, nomeadamente comportamentos internalizantes e externalizantes. Participaram 134 adolescentes entre os 15 e os 18 anos de idade, e foi possível identificar três grupos, nos quais dois apresentam valores de vinculação similares para pais e pares, enquanto um grupo reporta valores mais baixos para os pais do que para os pares. Foi encontrada uma relação negativa entre a vinculação segura e os comportamentos internalizantes e externalizantes.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/18295
Thesis identifier: 202138828
Designation: Mestrado em Psicologia Comunitária, Proteção de Crianças e Jovens em Risco
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Master_Sara_Coelho_Brandes.pdf1.48 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.