Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/1827
acessibilidade
Title: Avaliação das tomadas firmes de emissão de direitos
Authors: Andrade, João Miguel Moiteiro
Orientador: Raposo, Clara Patrícia Costa
Keywords: Aumento de capital
Avaliação de direitos
Avaliação da tomada firme
Estimação de variáveis
Equity financing
Rights evaluation
Underwriting evaluation
Variables estimation
Issue Date: 2009
Citation: ANDRADE, João Miguel Moiteiro - Avaliação das tomadas firmes de emissão de direitos [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2009. Tese de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/1827>.
Abstract: O objectivo principal deste trabalho é avaliar se as tomadas firmes de emissão de direitos no Reino Unido continuam sobreavaliadas e quais os factores que mais impacto têm nesta tendência. Para tal vamos usar a abordagem tradicional e um modelo de avaliação que considera a tomada firme como um activo da empresa e o aumento de capital realizado totalmente canalizado para investir em projectos com risco. Para ilustrar esta situação, vamos estudar a emissão de direitos feita pelo HSBC Holding plc em Abril de 2009. A conclusão é de que este é um caso típico de sobreavaliação, onde o justo valor a pagar pelo risco assumido pelos bancos de investimento representa apenas 43% da comissão realmente paga. Adicionalmente, vimos que uma correcta estimação da volatilidade, do preço de exercício e da duração são fundamentais para realizar uma boa avaliação. Ainda assim, a prestação contínua de serviços financeiros, o tamanho da emissão, as condições de mercado e o receio dos custos inerentes ao insucesso da emissão, parecem ser factores que podem explicar a sobreavaliação destas emissões ao longo dos tempos.
The main objective of this study is to assess whether the underwriting of a rights issue in the United Kingdom is still overpriced and which factors have more influence on this trend. For that, we use the traditional approach and an evaluation model that considers the underwriting as an asset on the company and the capital increase fully channeled to invest in risky projects. To illustrate this, we will study the rights issue made by HSBC Holding plc in April 2009. Our conclusion is that this is a typical case of overpricing, where the fair value to pay the risk that the investment banks support represent only 43% of the fee actually paid. Additionally, we saw that a correct estimation of volatility, exercise price and duration are fundamental to achieve a good evaluation. Nevertheless, the continued provision of financial services, the issue size, market conditions and the fear of costs associated with failure of emission appear to be factors that can explain the overpricing of these issues over time.
Description: Classificação JEL: G13, G32
URI: http://hdl.handle.net/10071/1827
Designation: Mestrado em Finanças
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Avaliação das Tomadas Firmes de Emissão de Direitos_João Andrade.pdf702.05 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.