Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/18265
acessibilidade
Title: A relevância da cooperação como fator de promoção da competitividade empresarial: o caso InterCement
Authors: Francisco, Nuno André Peixinho da Silva
Orientador: Meireles, Mónica
Keywords: Stakeholders
Aliança estratégica
Inovação
Cooperation
Partnerships
Strategic alliances
Issue Date: 29-Nov-2018
Citation: FRANCISCO, Nuno André Peixinho da Silva - A relevância da cooperação como fator de promoção da competitividade empresarial: o caso InterCement [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2018. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/18265>.
Abstract: Num contexto atual de incerteza e constante mudança, cabe às empresas e aos seus stakeholders encetar estratégias de forma a enfrentar e antecipar os desafios a que são submetidos. Com este estudo é pretendido demonstrar como a cooperação entre empresas, é uma alavanca fundamental para o aumento da competitividade empresarial. Desde meados dos anos 80, as parcerias entre empresas eram poucas e limitadas na sua interação. A competição entre empresas não era tão complexa e como tal não estimulava tanto a inovação e diferenciação entre empresas. Face ao ritmo lento com que se desenrolavam as mudanças, as empresas não sentiam estímulos adicionais para o desenvolvimento de alianças e parcerias de forma a alavancar os seus resultados (Harbison e Pekar, 1999). Com a aceleração e desenvolvimento tecnológico, a abertura de economias até aí protegidas e sem influência externa e o aparecimento de novos mercados e novos clientes, as empresas tiveram de saber adaptar-se a este novo paradigma e terem capacidade para rapidamente se adaptarem e desenvolverem novas competências que até aí não tinham sentido necessidade. Com a crescente concorrência, um rápido crescimento de novas tecnologias e a pressão financeira, as empresas sentiram que tinham de se antecipar e ter agilidade para reagir a estas novas premissas e adquirir novas competências (Porter, 1990). Um dos meios que as empresas têm ao seu dispor para fazer face aos desafios atuais, passa pela cooperação empresarial. Esta é considerada um estímulo importante na medida em que se pode traduzir em benefícios concretos para as organizações envolvidas, como por exemplo, acesso a novas tecnologias, economias de escala e absorção de "know how" de forma mais célere e eficiente. É pretendido abordar esta temática com base num caso de estudo realizado na empresa InterCement, compreendendo as dinâmicas inerentes ao processo de cooperação para a inovação, abrindo espaço para estudos e implementação de novos processos que possam alavancar os resultados das empresas.
In a current context of uncertainty and constant change, it is up to the companies and their stakeholders, to initiate strategies and anticipate the challenges they face. This study is intended to demonstrate how cooperation between companies is a key lever for increasing business competitiveness. Since the mid-1980s, partnerships between companies were few and limited in their interaction. The competition between companies was not so complex and therefore, it did not stimulate innovation and differentiation among companies. Given the slow pace of change, companies did not feel any additional stimulus for developing alliances and partnerships in order to leverage their results (Harbison and Pekar, 1999). With the acceleration and technological development, the opening up of protected economies without external influence and the emergence of new markets and new clients, companies had to adapt to this new paradigm and to have the capacity to rapidly adapt and develop new skills that until then, they didn´t need. With the increasing of competition, rapid growth of new technologies, and financial pressure, companies felt they had to anticipate and to have the agility to react to these new assumptions and acquire new skills (Porter, 1990). One of the means that companies have at their disposal to face the current challenges, is business cooperation. This is considered an important stimulus that can translate into tangible benefits for the organizations involved, such as access to new technologies, economies of scale and the absorption of know-how more quickly and efficiently. It is intended to address this issue based on a case study conducted at InterCement, understanding the dynamics inherent to the cooperation process, opening space for studies and implementation of new processes that can leverage corporate results.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/18265
Thesis identifier: 202127435
Designation: Mestrado em Economia da Empresa e da Concorrência
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
master_nuno_silva_francisco.pdf1.36 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.