Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/17849
acessibilidade
Title: Efficiency of finance education in ISCTE and in ISEG
Authors: Cary, Manuel Lupi
Orientador: Costa, Renato Lopes da
Pereira, Renato
Keywords: Financial instruments
Efficiency
Teaching
ISCTE-IUL -- Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa - Instituto Universitário de Lisboa
ISEG -- Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade de Lisboa
Estudo de eficiência
Ensino universitário
Instrumentos financeiros
Análise comparativa
Issue Date: 13-Sep-2018
Citation: CARY, Manuel Lupi - Efficiency of finance education in ISCTE and in ISEG [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2018. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/17849>.
Abstract: The paper of Finance as a discipline in the workplace has changed through the years and has changed from something that only a few worried about to a daily need for almost every position. Therefore, the push for a more capable and readier to work alumni group in finance has been a key question throughout these years. This thesis analysis the efficiency of the universities on delivering alumni that are ready to cope with those needs, focusing on the alumni from two different faculties, similar in size and reputation, and inquiring them to understand how many financial instruments, from a selected group, do they know when exiting the university. The study focus was on determining how big is the difference in knowledge between the financial course and the management course? If there is any difference between the two faculties in teaching efficiency? And made a self-criticizing inquiry around the usage of each of the chosen instruments on the financial work space? The results were in some way as expected and showed that the students are exiting the faculties with some knowledge on finance but the companies that receive them expect them to have a deeper knowledge of the subject.
O papel das Finanças como disciplina no local de trabalho mudou ao longo dos anos e passou de algo que poucos se preocupavam com uma necessidade diária de quase todos as posição. Portanto, a pressão por um grupo de ex-alunos mais capazes e prontos para trabalhar nas finanças tem sido uma questão-chave ao longo desses anos. Esta tese analisa a eficiência das universidades na entrega de ex-alunos que estão prontos para lidar com essas necessidades, concentrando-se nos ex-alunos de duas faculdades diferentes, semelhantes em tamanho e reputação, e perguntando-lhes, a fim de entender quantos instrumentos financeiros, de um grupo reduzido, eles sabem quando saem da universidade. O estudo focou-se em determinar o quão grande é a diferença de conhecimento entre o curso financeiro e o curso de gestão? Se há alguma diferença entre as duas faculdades no ensino da eficiência? E fez uma investigação de autocrítica em torno do uso de cada um dos instrumentos escolhidos no espaço de trabalho financeiro? Os resultados foram de alguma forma esperados e mostraram que os alunos estão saindo das faculdades com algum conhecimento sobre finanças, mas as empresas que os recebem esperam que eles tenham um conhecimento mais profundo do assunto.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/17849
Thesis identifier: 201975424
Designation: Mestrado em Gestão de Empresas
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Master_Manuel_Lupi_Cary.pdf1.3 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.