Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/17840
acessibilidade
Title: Mau trato e pobreza: revisão sistemática da literatura
Authors: Fonseca, Ana Cristina Barroqueiro da
Orientador: Garrido, Margarida e Sá de Vaz
Keywords: Psicologia social
Psicologia comunitária
Abuso de criança
Pobreza
Stress
Relação pais-filho
Child maltreatment
Poverty
Parental stressors
Systematic review
Issue Date: 19-Nov-2018
Citation: FONSECA, Ana Cristina Barroqueiro da - Mau trato e pobreza: revisão sistemática da literatura [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2018. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/17840>.
Abstract: O fenómeno dos maus tratos dirigidos a crianças tem vindo a ser estudado à luz de diferentes abordagens teóricas focadas em diferentes preditores da parentalidade abusiva ou negligente. Todavia, tem sido transversal a evidência que reporta o impacto da situação de pobreza (familiar ou comunitária) na parentalidade maltratante. No entanto, esta associação parece não ser direta, na medida em que, por um lado, se observam situações de mau trato em famílias que não se encontram em situação de pobreza e, por outro, que a maioria das famílias pobres não são maltratantes. Neste sentido, revela-se imprescindível identificar, de forma sistemática, quais os fatores que distinguem as famílias em situação de pobreza, maltratantes e não maltratantes. O presente estudo teve assim como objetivo apresentar uma revisão sistemática de literatura, de modo a explorar os preditores do mau trato (abuso e negligência) em famílias pobres. Baseada no método PRISMA, a presente revisão sistemática incluiu 25 estudos, nos quais se exploraram os preditores de abuso e negligência, agrupadas posteriormente em seis categorias através da técnica de análise de conteúdo. Globalmente, as variáveis relativas à parentalidade (e.g., cognições parentais) e ao ambiente familiar e comunitário (e.g., violência doméstica) parecem constituir os melhores preditores do mau trato em famílias pobres, seguidas dos recursos psicológicos/emocionais dos pais (e.g., perturbações mentais), características da criança (e.g., temperamento) e das experiências maternas (e.g., história de mau trato na infância). Esta revisão poderá assim informar investigação futura acerca dos potenciais preditores do mau trato e sustentar práticas de intervenção com famílias maltratantes em situação de pobreza.
Child maltreatment has been studied in the light of different theoretical approaches focused on different predictors of abusive or negligent parenting. However, the evidence of the role of poverty (family or community) on abusive parenting has always been pervasive. Nevertheless, this association does not appear to be a direct one in that, on the one hand, there are situations of maltreatment in families that are not in poverty and, on the other, that most poor families are not abusive. Therefore, it is essential to identify, in a systematic way, the factors that distinguish families living in poverty that are abusive from those that are non-abusive. The present study aimed to present a systematic literature review in order to explore the predictors of maltreatment (abuse and neglect) in poor families. Based on the PRISMA method, the present systematic review included 25 studies, in which the predictors of abuse and neglect were explored. Subsequently these predictors were grouped in six categories through the technique of content analysis. Overall, variables related to parenting (e.g., parental cognitions) and family and community environment (e.g., domestic violence) seem to be the best predictors of maltreatment in poor families, followed by parents' psychological / emotional resources (e.g., mental disorders), characteristics of the child (e.g., temperament) and maternal experiences (e.g., history of maltreatment in childhood). This review may thus inform future research on the potential predictors of maltreatment and sustain intervention practices with abusive families living in poverty.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/17840
Thesis identifier: 202056031
Designation: Mestrado em Psicologia Comunitária, Proteção de Crianças e Jovens em Risco
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Master_Ana_Barroqueiro_Fonseca.pdf585.34 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.