Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/17837
acessibilidade
Title: Diversification and reduction of loss of food: a business plan for production of avocado oil in Kenya for the Chinese market
Authors: Gao Yanyan
Orientador: Fernandes, Alexandra Etelvina
Petrides, Loizos
Keywords: Avocado oil
Kenya
Chinese market
Niche market
Produção agrícola
Plano de negócio
Trabalho de projeto
China
Issue Date: 16-Nov-2018
Citation: Gao Yanyan - Diversification and reduction of loss of food: a business plan for production of avocado oil in Kenya for the Chinese market [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2018. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/17837>.
Abstract: This business plan aims to provide a guidance for the production of avocado oil in Kenya for the Chinese market. On one hand, there are abundant avocados in Kenya, but most of them are consumed locally or exported as fresh fruits with a great deal of wastage. On the other hand, avocado is now new favourite in China as a nutritious fruit often referred to as the “cream in forest”. Avocado oil is more and more popular in babies’ food supplement since the cancellation of One Child Policy. A lot of avocados produced in Kenya are sold to local markets or to the few exporters available. Those thrown unsold or rejected fruits due to size or shape are exactly excellent raw material for producing oil. Therefore, the production of avocado oil in Kenya for the Chinese markets will be a win-win trading by decreasing food loss and creating new jobs in Kenya and, at the same time meeting the ever-growing demands of healthy food for the up middle class population in China. Besides, agro-processing is a crucial part in the Kenya’s Vision 2030 economic plan. Producing oil from Kenyan avocado is a case of diversification of avocado products which has not been available in China so far. Hence, it is an attractive venture for a Chinese start-up to grow and fill in that niche market.
Este plano de negócios visa fornecer uma orientação para a produção de óleo de abacate no Quênia para os mercados chineses. Por um lado, há abundantes abacates no Quênia, mas a maioria deles é consumida localmente ou exportada como frutas frescas com muito desperdício. Por outro lado, abacate é agora apreciado na China como uma fruta nutritiva, muitas vezes referida como o "creme da floresta". O óleo de abacate é cada vez mais popular como suplemento alimentar para bebês desde a abolição da One Child Policy. Muitos abacates produzidos no Quênia são vendidos para mercados locais ou para os poucos exportadores disponíveis. As frutas descartadas ou não vendidas devido ao tamanho ou forma são excelentes matérias-primas para a produção de óleo. Portanto, a produção de óleo de abacate no Quênia para os mercados chineses será uma negociação Win-Win diminuindo a perda de alimentos e criando novos empregos no Quênia e ao mesmo tempo, atendendo às crescentes demandas de alimentos saudáveis para a população da classe média na China. Além disso, o processamento agrícola é uma parte crucial no plano econômico da Visão 2030 do Quênia. A produção de petróleo a partir do abacate queniano é um caso de diversificação de produtos de abacate, que até agora não estava disponível na China. Por isso, é um empreendimento atraente para uma start-up chinesa crescer e preencher esse nicho de mercado.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/17837
Thesis identifier: 202059111
Designation: Mestrado em Gestão de Empresas
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Master_Gao_Yanyan.pdf4.82 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.