Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/17679
Full metadata record
acessibilidade
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorPereira, Cláudia-
dc.contributor.advisorMatias, Ana Raquel-
dc.contributor.authorBudal, Aashima-
dc.date.accessioned2019-03-19T17:34:29Z-
dc.date.available2019-03-19T17:34:29Z-
dc.date.issued2018-06-20-
dc.date.submitted2018-06-
dc.identifier.citationBUDAL, Aashima - Paperless reality: transnational parenthood and undocumented Nepalese in Portugal [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2018. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/17679>.pt-PT
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10071/17679-
dc.description.abstractUndocumented working migrants are economic agents who produce wealth in the country where they reside, paying taxes, but not having legal rights. This happens with a substantial number of the Nepalese residing in Portugal. Furthermore, the large majority of them is qualified, in terms of school education, although not able to progress professionally due to their irregular situation. This study focuses on the contemporary immigration of Nepalese undocumented in Portugal and its impacts on families. The aim was to understand how transnational parenting is being practiced and perceived by Nepalese mothers and fathers living in Portugal, in an irregular situation. This study employed a qualitative method through microethnography, by using in-depth interviews and participant observation. Among eight participants of the research, six were Nepalese challenged by distance and an undocumented situation, with families who stayed in Nepal; and two were key informants having solid information on them. The findings, firstly, evidence the perilous migration trajectories of the Nepalese, as well as their frustrated expectations, mobility descendant and exploitation as irregular migrants. Because the macro level policies and borders are becoming stricter, there is space for migrant smugglers to charge for Nepalese migrants who wish to work in Portugal. Secondly, the outputs revealed gender differences concerning mothers and fathers parenting at distance, while undocumented, as well as their coping mechanisms. Thirdly, the results demonstrate that the Nepalese are living undocumented, while being qualified and working in precarious jobs and high debts to the intermediaries. This study further contributes for the reflection on social worker’s implications in giving support to irregular migrants.por
dc.description.abstractOs migrantes em situação de trabalho não-documentado ou ilegal são agentes económicos que produzem riqueza no país onde residem, pagam impostos, mas não têm direitos legais. Isto acontece com um número substancial de nepaleses residentes em Portugal. Além disso, a grande maioria é qualificada, em termos de escolaridade, embora não seja capaz de progredir profissionalmente devido à sua situação irregular. Este estudo centra-se na imigração contemporânea de nepaleses indocumentados em Portugal e seus impactos nas famílias. O objetivo foi entender como a educação transnacional é praticada e percebida por mães e pais nepaleses que vivem em Portugal em situação irregular. Este estudo utilizou um método qualitativo através da micro-etnografia, utilizando entrevistas em profundidade e observação participante. Entre os oito participantes da pesquisa, seis eram nepaleses desafiados pela distância e uma situação não documentada, com as famílias que ficaram no Nepal; e dois eram informantes-chave com informações sólidas sobre eles. Os resultados evidenciam as perigosas trajetórias de migração dos nepaleses, bem como suas expectativas frustradas, de mobilidade descendente e exploração como migrantes irregulares. Em segundo lugar, também expressa as diferenças de género em relação à maternidade e paternidade à distância, enquanto não-documentados, bem como os mecanismos utilizados para lidar com a situação. Dado que as políticas e fronteiras a nível macro estão a tornar-se mais rigorosas, existe espaço para os contrabandistas migrantes cobrarem pelos migrantes nepaleses que desejam trabalhar em Portugal. Uma das principais constatações é que os nepaleses vivem em situação irregular, sendo qualificados e trabalhando em empregos precários e com dívidas elevadas para com os intermediários. Este estudo contribui ainda para a reflexão sobre as implicações dos assistentes sociais no apoio aos migrantes irregulares.por
dc.language.isoengpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectImmigrationpor
dc.subjectUndocumented migrationpor
dc.subjectTransnational parentingpor
dc.subjectIrregular migrationpor
dc.subjectNepalese in Portugalpor
dc.subjectHabermas, Jurgenpor
dc.subjectPensamento políticopor
dc.subjectCiência políticapor
dc.subjectFilosofia políticapor
dc.subjectHistória das ideiaspor
dc.titlePaperless reality: transnational parenthood and undocumented Nepalese in Portugalpor
dc.typemasterThesispor
dc.peerreviewedyespor
dc.identifier.tid201975823por
dc.subject.fosDomínio/Área Científica::Ciências Sociais::Outras Ciências Sociaispor
thesis.degree.nameMestrado em Erasmus Mundus em Serviço Social com Famílias e Criançaspor
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
master_aashima_budal.pdf3.02 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.