Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/17512
acessibilidade
Title: Posicionando a localização: um estudo do impacto da comunicação mediada na socialidade e no sentido de espaço
Authors: Valentim, Hugo Duarte
Orientador: Cardoso, Gustavo Alberto Guerreiro Seabra Leitão
Keywords: Sociologia da comunicação
Espaço
Mobilidade
Cultura digital
Lazer
Localização geográfica
Rede social
GPS Global Positioning system
Mobility
Sociology of space
Sense of place
Locative games
Leisure
Sociality
GPS
Technology
Digital culture
Geocaching
Geolocation
Geospatial web
Mobile media
Location based social media
Issue Date: 7-Nov-2018
Citation: VALENTIM, Hugo Duarte - Posicionando a localização: um estudo do impacto da comunicação mediada na socialidade e no sentido de espaço [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2017. Tese de doutoramento. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/17512>.
Abstract: Partindo da admissão em como a adopção das tecnologias da comunicação no quotidiano conduz crescentemente a uma topologia social onde os espaços da informação virtual estão a ser mesclados e engastados nos contextos materiais de tal maneira que potencialmente afectam tanto a forma como construímos, percebemos e interagimos com os nossos selves internos como com os outros, o presente trabalho elege como factor pivô de análise o vector espaço na assunção de que este não é neutro, mas um constructo social que adquire significado pela deslocação, seja material e corpórea, seja crescentemente simbólica, de dados e informação, empreendendo uma investigação teórica e empírica nas diversas escalas de impacto: global, institucional, grupal e individual. Após escrutínio de conceitoschave das discussões passadas sobre a natureza dos universos físico e virtual, demonstra-se a obsolescência da sua clivagem através da análise de um conjunto de práticas empíricas paradigmáticas de como os média móveis locativos, facilitando a introdução da localização na comunicação, deram renovada forma à definição da situação e ao nosso sentido de lugar, tanto em termos da geografia como do posicionamento social, impactando a experiência do mundo vivido e a forma como a socialidade e o diversos tipos de capital são perseguidos no seu seio. Os dados recolhidos, em especial o questionário aplicado aos praticantes do jogo móvel locativo geocaching, remetem para a necessidade de reforçar o estudo das práticas de integração sobre a interacção como fenómenos chave e para o abandono da perspectivação dos espaços tecnologicamente orientados como autónomos, enquadrando-os antes como sendo a prossecução das motivações e interesses pessoais por outros meios.
Contrary to the metaphysics of presence under which physical and virtual spaces were once perceived as conflicting in nature, the central tenet pursued in this study rests upon the assumption that current mobile locative media are appropriated by its users as means to reinforce the struggle for social positioning, allowing them to ascertain, communicate and tentatively manipulate their senses of distinction, place and worth through the prosumption of space in collaborative platforms. Vehicles for claiming individuality while exhibiting both taste and motility (the ability to be mobile) as a valorised social asset in line with the glass cage crafted by the connexionist spirit. Our work, therefore, proposes a scalar approach to the impacts of the introduction of location in communication electing power and status mechanisms as pivotal. Relying mostly on Lefebvre’s and Bourdieu’s concepts of spatial and symbolic violence, of space as a threefold historical product, social life as a topology of rank and hybrid tools and practices as harbouring simultaneously structured and structuring potentials, the emergence of digital mass self-communication and the geospatial web, in turn made possible by the converge of GPS, GIS and mobile networks, can be understood as part of an overall spatial fix undertaken under the so called digital network economy. A trend to further abstract space and value and an instrument to commodify the constitution of the self itself. One where, relying on principles not unfamiliar to a Ponzi scheme, the individual is allured to the spectacle and, through the suggestion of personal branding as the natural attitude, the structure of feeling and the technical code of informational, reflexive capitalism permeate culture and individuals, leading to the depiction of its isomorphism in everyday life in unexpected, mostly unconscious, ways. Insuring the homology between the social, technological, economical and domination apparatuses.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/17512
Thesis identifier: 101456310
ISBN: 978-989-781-108-1
Designation: Doutoramento em Sociologia
Appears in Collections:T&D-TD - Teses de doutoramento

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
phd_hugo_duarte_valentim.pdf11.91 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.