Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/17272
acessibilidade
Title: Avaliação de modelos de gestão em farmácia
Authors: Rijo, Paula Alexandra da Silva
Orientador: Nascimento, Generosa Gonçalves Simões do
Keywords: Modelos de gestão
Estratégias competitivas
Farmácia comunitária
Sustentabilidade
Vantagem competitiva
Gestão de farmácias
Grupos de farmácias
Farmácias Individualizadas
Pharmacy management
Community pharmacy
Groups of pharmacies
Individualized pharmacies
Issue Date: 19-Dec-2017
Citation: RIJO, Paula Alexandra da Silva - Avaliação de modelos de gestão em farmácia [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2017. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/17272>.
Abstract: Dissertação sobre o estudo das alterações do modelo de gestão em farmácias comunitárias individualizadas e em farmácias que aderiram a grupos e cuja gestão passou a ser integrada – Modelo de Gestão Clássica versus Novos Modelos de Gestão, decorrentes das condicionantes introduzidas no negócio por novas políticas de saúde com introdução de reformas na Prescrição e Dispensa do Medicamento. A redução das margens foi um dos fatores mais relevantes. As farmácias organizaram-se em grupos. O objetivo inicial era ganhar poder negocial. Mais tarde os grupos estimularam as farmácias a modificar o modelo de gestão. Neste contexto é determinante entender qual o impacto das alterações na gestão e no modelo de gestão em farmácias comunitárias individualizadas e em farmácias integradas. O objetivo geral é analisar os Modelos de Gestão de farmácias individualizadas, e que têm ajustado as estratégias de modo a garantir a sustentabilidade e vantagem competitiva, e comparar os modelos de gestão adotados pelas farmácias comunitárias com gestão integrada. A mais-valia da farmácia individualizada é a capacidade de estabelecer as estratégias que considera mais adequada à sua farmácia, e estabelecer objetivos de forma a garantir a sua sustentabilidade. A maior desvantagem é que o seu poder negocial perante os fornecedores pode não ser suficiente para conseguir as parcerias mais vantajosas. As mais-valias obtidas pelas farmácias comunitárias integradas são o acesso a um maior leque de produtos a custos inferior, formação qualificada para os seus trabalhadores, acesso a planos de marketing e merchadising. As desvantagens são a perda de alguma autonomia.
Dissertation on the study of changes in the management model in individualized pharmacies and pharmacies that joined groups and whose management became integrated - Model of Classic Management versus New Management Models, arising from the constraints introduced in the business by new health policies with the introduction of reforms in the prescription and dispensation of the medication. Reducing margins was one of the most relevant factors. The pharmacies were organized in groups. The initial goal was to gain bargaining power. Later the groups encouraged pharmacies to change their management model. In this context it is crucial to understand the impact that the changes have on the management and management model in individualized community pharmacies and integrated pharmacies. The general objective is to analyse the Management Models of individualized pharmacies, which have adjusted the strategies to ensure sustainability and competitive advantage, and to compare the management models adopted by community pharmacies with integrated management. The added value of the individualized pharmacy is the ability to establish the strategies that you consider most appropriate to your pharmacy, and set goals to ensure their sustainability. The biggest disadvantage is that their bargaining power with suppliers may not be sufficient to achieve the most advantageous partnerships. The added value of integrated community pharmacies is access to a greater range of products at lower costs, qualified training for their workers, access to marketing plans and merchandising. The disadvantages are the loss of some autonomy.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/17272
Thesis identifier: 201791293
Designation: Mestrado em Gestão de Empresas
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
AVALIAÇÃO DE MODELOS DE GESTÃO EM FARMÁCIA_30_Outubro_2017_Paula Rijo.pdf1.2 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.