Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/16955
acessibilidade
Title: A influência macroeconómica no risco de crédito
Authors: Primor, Rodrigo dos Santos
Orientador: Carvalho, Paulo Viegas de
Keywords: Incumprimento
Mudança económica
Macroeconomia
Crise
Zona euro
Gestão financeira
Portugal
Portugal
Issue Date: 29-Jun-2018
Citation: PRIMOR, Rodrigo dos Santos - A influência macroeconómica no risco de crédito [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2018. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/16955>.
Abstract: A investigação desenvolvida nesta dissertação analisa a previsão do incumprimento de pagamentos das empresas, contribuindo para a literatura sobre a matéria ao avaliar a influência macroeconómica na probabilidade de incumprimento das empresas nos diferentes países da Zona Euro, aspeto insuficientemente estudado até agora. Para o efeito, são desenvolvidos vários modelos que utilizam variáveis que representam as características próprias de cada empresa (indicadores financeiros), bem como outras que identificam a conjuntura macroeconómica, em múltiplos anos. Tal foi possível através de uma estrutura de dados em painel, utilizando regressão logística, que cruzou a componente temporal com a informação financeira e macroeconómica anual, resultando numa amostra com mais de 500.000 observações. Concluímos que as variáveis macroeconómicas têm influência no incumprimento das empresas não financeiras, e que a sua inclusão nos modelos comporta um aumento da capacidade preditiva dos mesmos. Para além disso, relativamente ao incumprimento, verificamos que existem diferenças entre países, visto que as empresas de países do sul da Europa mais a Irlanda têm uma maior probabilidade de incumprir, relativamente aos do Norte. O estudo do incumprimento empresarial tem vindo aumentar desde a crise de 2008. Pretendemos nesta dissertação contribuir para a riqueza da literatura que trata esta matéria em países europeus e desenvolver modelos que tenham relevância prática para diversos interessados.
The investigation discussed in this dissertation studies credit default of firms; it contributes to the literature on this subject when assessing the macroeconomic influence on the probability of default of firms in the different countries of the Euro Zone, which is a subject insufficiently studied until now. To this end, we develop several models using both companies’ financial information and macroeconomic variables, along multiple years. Such procedure was possible due to a panel data structure, using logistic regression, that crossed time with the variables information, resulting in a sample with more than 500.000 observations. We conclude that macroeconomic variables affect credit default of non-financial firms, whereby their inclusion in the regressions implies an increase in the accuracy of the credit default forecasting models. Additionally, we verify that there are differences among countries, concerning default, since firms in the southern European countries plus Ireland are more likely to default, compared to those in the north. The research of corporate credit default has been increasing since the crisis of 2008. With this investigation. we intended to contribute to the literature on this topic and develop models that have both practical and universal usage.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/16955
Thesis identifier: 201948532
Designation: Mestrado em Gestão
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
master_rodrigo_santos_primor.pdf1.11 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.