Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/16621
acessibilidade
Title: Data Science: the state of the art
Authors: Faustino, João Manuel Garcia
Orientador: Curto, José Dias
Santos, Ricardo
Keywords: Gestão
Análise de dados
Métodos de investigação
Data Mining
Machine learning
Criação de valor
Métodos de investigação empresarial
Management
Data analysis
Business research methods
Value creation
Issue Date: 21-Dec-2017
Citation: FAUSTINO, João Manuel Garcia - Data Science: the state of the art [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2017. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/16621>.
Abstract: As organizações têm cada vez mais acesso a um maior volume de dados. A contribuir para este fenómeno está o desenvolvimento tecnológico e o conceito de internet das coisas, que permite cada vez mais interligar mecanismos e dispositivos, e consequentemente, diversificar as fontes de informação. Esta evolução tecnológica permite que os dados sejam retirados das mais diversas formas e plataformas, quer qualitativa quer quantitativamente. Este fenómeno que designamos por Big Data, está a tornar disruptivas muitas empresas, alterando desta forma modelos de negócio, inovando o marketing, produtos e serviços e tornando ainda algumas organizações mais eficientes. Sabe-se também que as capacidades analíticas das empresas têm de dar resposta a este crescimento de dados através de modelos mais avançados, orientados para tomadas de decisões mais acertadas, como a análise preditiva e prescritiva, e recorrendo a técnicas de Data Mining ou Machine Learning por forma a otimizar a gestão dos recursos e contribuindo para a eficácia e eficiência das organizações. Esta condição obriga as empresas a aumentar a sua capacidade de adaptação e decisão, para que os dados e a sua compreensão se tornem fontes de vantagem competitiva
Organizations increasingly have access to a growing volume of data. Contributing to this is the technological development and the concept of the internet of things, which allows increasingly interconnecting mechanisms and devices, and consequently diversify the sources of information. This technological evolution allows the data to be withdrawn in the most diverse forms and platforms, both qualitatively and quantitatively. This phenomenon, which we call Big Data, is disrupting many companies. Changing this way, business models, innovating the marketing, products and services, still making some organizations more efficient. It is also known that the analytical capabilities of companies have to respond to this increase in data through more advanced models oriented towards better decision making, such as predictive and prescriptive analysis and using Data Mining or Machine Learning techniques to optimize the management of resources and contributing to efficiency and effectiveness. This condition forces companies to increase their ability to adapt and make decisions, so that data and their understanding become sources of competitive advantage.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/16621
Thesis identifier: 201811111
Designation: Mestrado em Gestão de Empresas
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
master_joao_garcia_faustino.pdf2.98 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.