Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/16599
acessibilidade
Title: As primeiras manifestações de relações públicas empresariais no Portugal do início do século XX (1910-1948): modelos de comunicação no caso The Anglo-Portuguese Telephone Co. Ltd
Authors: Santos, João Carlos Pinto Moreira dos
Orientador: Pereira, Sandra
Rezola y Palacios Clemente, Maria Inácia
Keywords: Sociologia da comunicação
Relações públicas
Manifestações
Historiografia
Estudo de casos
Portugal - 1910-1948
Modelos de relações públicas
História das relações públicas
The Anglo Portuguese Telephone Co. Ltd
Companhia dos Telefones
Public relations
Models of public relations
Public relations history
Telephone company
Issue Date: 9-Jul-2018
Citation: SANTOS, João Carlos Pinto Moreira dos - As primeiras manifestações de relações públicas empresariais no Portugal do início do século XX (1910-1948): modelos de comunicação no caso The Anglo-Portuguese Telephone Co. Ltd [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2018. Tese de doutoramento. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/16599>.
Abstract: O presente estudo tem como objeto de análise as primeiras manifestações de Relações Públicas (RP) empresariais em Portugal, muito particularmente os modelos de RP adotados (Grunig e Hunt, 1984), procurando evidenciar o papel do contexto histórico na sua prática. Cingindo-nos ao período compreendido entre 1910 e 1948, seguimos como estratégia de pesquisa a metodologia de estudo de caso. Para o efeito, elegemos a The AngloPortuguese Telephone Company, Ltd. (APT), também conhecida como Companhia dos Telefones, que desenvolveu atividade em Portugal entre 1887 e 1967. Cientificamente, pretendeu-se contribuir para colmatar as lacunas existentes na historiografia nacional e europeia das RP empresariais. Nesse sentido, o estudo visou: 1) situar e as origens das RP em Portugal (termo, conceito, prática e intervenientes), objetivando os seus antecedentes; 2) determinar e contextualizar as causas subjacentes ao fenómeno; 3) caracterizar o processo de institucionalização empresarial das RP; 4) determinar a aplicabilidade em Portugal dos modelos de RP de Grunig e Hunt (1984); 5) evidenciar que fatores conduziram à prática de um dado modelo de RP ou ditaram a transição entre modelos; 6) aferir a existência em Portugal de uma progressão evolutiva ao nível das RP; 7) lançar os alicerces para uma periodização histórica das RP em Portugal. Concluiu-se pela necessidade de revisão do paradigma historiográfico relativo à introdução das RP no País, pela aplicabilidade dos modelos de RP e por um processo de coevolução entre as RP e o jornalismo, o qual constituiu, a par de mudanças inéditas no contexto envolvente, um dos fatores causais no surgimento das RP.
The present study aims to analyze the first manifestations of PR in Portugal, particularly the PR models adopted (Grunig and Hunt, 1984), seeking to highlight the role played by the historical context. With reference to the period between 1910 and 1948, a research strategy of case study methodology was elected, focused on The Anglo-Portuguese Telephone Company, Ltd. (APT), also known as Companhia dos Telefones, which developed activity in Portugal between 1887 and 1967. Scientifically, the research intends to help filling the existing gaps in the national and European PR historiography. As so, seven goals were defined: 1) to date the origins of PR in Portugal (covering the term, the concept, the practice and the participants dimensions) and unveil its antecedents; 2) to determine and contextualize the underlying causes of the phenomenon; 3) to characterize the process of corporate institutionalization of PR; 4) to determine the applicability in Portugal of the PR models created by Grunig and Hunt (1984); 5) to evidence which factors led to the practice of a given RP model or dictated the transition between models; 6) to verify the existence in Portugal of an evolutionary ethical progression in the PR practice; 7) to lay the foundations for a historical periodization of PR in Portugal. The study concluded that there is a need to revise the historiographic paradigm related to the introduction of PR in Portugal. Also, the PR models are suited to describe the PR history in Portugal. Thirdly, there is a process of coevolution between PR and journalism, which was, along with unprecedented changes in the overall context, one of the causal factors for the emergence of PR.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/16599
Thesis identifier: 101562888
ISBN: 978-989-781-030-5
Designation: Doutoramento em Ciências da Comunicação
Appears in Collections:T&D-TD - Teses de doutoramento



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.