Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/16472
Full metadata record
acessibilidade
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorSilva, Pedro Adão e-
dc.contributor.authorMarques, Maria Margarida Benavente-
dc.date.accessioned2018-07-20T13:11:29Z-
dc.date.available2018-07-20T13:11:29Z-
dc.date.issued2018-04-09-
dc.date.submitted2018-02-
dc.identifier.citationMARQUES, Maria Margarida Benavente - Uma política familiar: o caso do abono de família [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2018. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/16472>.pt-PT
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10071/16472-
dc.description.abstractA sociedade portuguesa, ao longo do tempo, sofreu grandes transformações sociais, políticas e económicas. A transição para a democracia, as crises económicas e a entrada de Portugal para a União Europeia promoveram, ao longo destes quase 50 anos de democracia, mudanças legislativas nos vários apoios do Estado, tanto no campo de aplicação pessoal, como no campo da aplicação material. Exemplo disso são as prestações familiares, nomeadamente o Abono de Família para Crianças e Jovens, sendo atualmente, uma das políticas familiares que maior impacto tem nas famílias portuguesas. Em 1942, quando o abono de família foi implementado em Portugal, este apresentava um cariz conservador e desigual, relativamente aos requerentes e beneficiários, para além de ser um apoio ao chefe de família e não um apoio para as crianças. Ao longo destes, aproximadamente 40 anos de alterações, o abono de família foi evoluindo na sua aplicabilidade pessoal e material, até tomar a sua forma atual. Esta prestação evoluiu no sentido de sua promoção como um direito da criança e no apoio às famílias mais numerosos e carenciadas. Nas suas diversas alterações passou de um apoio de cariz universal e igualitário para um apoio seletivo e diferenciado, promovendo o tratamento equitativo de famílias com condições económicas e sociais distintas. A análise das alterações ao abono de família, bem como as justificações apresentadas pelos decisores políticos, levou à determinação de padrões do abono de família, assentes nestas duas variáveis. Na análise realizada nesta dissertação foi possível encontrar três padrões referentes ao abono de família, que resultam da evolução natural de um apoio que, não sendo fechado, sofre influencias dos vários contextos nacionais e internacionaispor
dc.description.abstractThe portuguese society, along the time, suffered huge social, political and economic transformation. The transition to the democracy, the economic crises and the entry of Portugal to the European Union promoted, along these almost 50 years of democracy, legislative changes in the various State support, both in the personal application level, such as in the material application level. An example of that are the familiar installments, namely the family allowance for children and young people, currently being, one of the family policies that has the biggest impact on Portuguese families. In 1942, when the family allowance was implemented in Portugal, it was conservative and unequal, in relation to the requesters and the beneficiaries, besides being a support to the householder and not a support to the children. Over the approximately 40 years of changes, the family allowance has evolved in it’s personal and material applicability, until it took its personal form. This benefit has evolved in the sense of promoting it as a child right and a supporting to the more numerous and needy families. In its various modifications, it went from a universal and egalitarian support to a selected and differentiated support, promoting the equitable treatment of families with different economic and social conditions. The analysis of the family allowance changes, as well as the justifications presented by the political decision-makers, lead to the determination of patterns of family allowance, based on these two variables. In the analysis performed in this dissertation, it was possible to identify three different patterns related to the family allowance, which result of the natural evolution of a support that, not being closed, is influenced by the various national and international contexts.por
dc.language.isoporpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectEvolução socialpor
dc.subjectSegurança socialpor
dc.subjectRendimento familiarpor
dc.subjectFamíliapor
dc.subjectPortugal-1942-2012por
dc.subjectAbono de famíliapor
dc.subjectJustificações políticaspor
dc.subjectIntervenientes políticospor
dc.subjectPadrões de alteraçõespor
dc.subjectFamily allowancepor
dc.subjectPolitical justificationspor
dc.subjectPolitical stakeholderspor
dc.subjectPatterns of changespor
dc.titleUma política familiar: o caso do abono de famíliapor
dc.typemasterThesispor
dc.peerreviewedyespor
dc.identifier.tid201896680por
dc.subject.fosDomínio/Área Científica::Ciências Sociaispor
thesis.degree.nameMestrado em Políticas Públicaspor
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
master_maria_benavente_marques.pdf811.3 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.