Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/15982
acessibilidade
Title: Estratégia de produto e comunicação: "taking care" um modelo de saúde e bem-estar organizacional
Authors: Coutinho, Maria Teresa Cayolla da Veiga Maldonado Passanha de Azevedo
Orientador: Passos, Ana Margarida Soares Lopes
Martins, Miguel Baptista Coelho Alves Martins
Keywords: Gestão estratégica
Globalização
Estratégias de comunicação
Programa de acção
Saúde
Bem-estar social
Capital humano
Comportamento organizacional
Globalization
Human capital
Issue Date: 14-Nov-2017
Citation: COUTINHO, Maria Teresa Cayolla da Veiga Maldonado Passanha de Azevedo - Estratégia de produto e comunicação: "taking care" um modelo de saúde e bem-estar organizacional [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2017. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/15982>.
Abstract: Perante o fenómeno da globalização, as organizações no contexto empresarial de hoje procuram crescentemente cada vantagem para melhorar o seu desempenho face à concorrência numa escala global. Esta necessidade de aumento da sua produtividade, e eficiência, potencia nas organizações ambientes com ritmos de trabalho acelerados, em permanente adaptação a mudanças, levando as empresas a viverem ambientes de maior tensão no trabalho e com consequências negativas a nível físico e psicológico dos seus trabalhadores. (DeFrank & Ivencevich, 1998). Considerando as pessoas como recursos fundamentais, as organizações procuram cada vez mais promover ambientes mais saudáveis, conjugando a sustentabilidade e produtividade, com a promoção do desenvolvimento e da qualidade de vida dos seus colaboradores. Segundo Caetano et. al (2010) nos países economicamente mais desenvolvidos este constitui atualmente um dos desafios mais críticos com que se deparam as organizações. Surge assim a necessidade de desenvolver ferramentas que permitam aferir os níveis de bem-estar organizacional, das pessoas, das equipas e da organização no seu todo, para melhor gerir o principal recurso das empresas - as pessoas - e tê-las felizes, motivadas, empenhadas, realizadas, para melhores índices de performance a organização atingir. (Aldana et al. 2012). Este trabalho visa propor uma estratégia de comunicação para uma nova ferramenta pioneira, de carácter tecnológico e interativo - Taking Care - que tem como objetivo aferir e promover hábitos de vida saudáveis nas organizações, nos seus colaboradores, e equipas. O Taking Care considera sete dimensões de análise: i) envolvimento, ii) emoções positivas, iii) relações positivas, iv) significado/propósito do trabalho, v) realização, vi) gestão de stress e vii) saúde e bem-estar.
Due to the globalization phenomenon, the environment found in today's organizations are increasingly seeking advantage to improve their performance against their global competitors. This need to increase the organization’s productivity and efficiency with a fast pace of work, constantly adapting to changes, leading companies to live in environments of greater tension at work and with negative consequences on the physical and psychological level of their employees. (DeFrank & Ivencevich, 1998). Considering people as fundamental resources, organizations are increasingly seeking to promote healthier environments, combining sustainability and productivity, promoting the development and quality of life of its employees. According to Caetano et. al (2010) in the most economically developed countries this is currently one of the most critical challenges facing organizations. The need arises to develop tools to measure the levels of organizational well-being, people, teams and the organization as a whole, to better manage the main resource of companies - people - and to have them happy, motivated, committed, performed, for better performance indexes the organization achieves. (Aldana et al., 2012). This paper aims to propose a communication strategy for a new pioneering tool, the technological and interactive - Taking Care - that aims to measure and promote healthy habits of life in organizations, their employees, and teams. Taking Care considers seven dimensions of analysis: i) involvement, ii) positive emotions, iii) positive relationships, iv) meaning / purpose of work, v) performance, vi) stress management, and vii) health and wellness.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/15982
Thesis identifier: 201761440
Designation: Mestrado em Gestão
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
maria_azevedo_coutinho_diss_mestrado.pdf1.69 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.