Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/15822
acessibilidade
Title: Towards a conceptual framework for developing embassy portals
Authors: Silá, Aissatu Zenani Lopes
Orientador: Costa, Carlos J.
Keywords: Portal
Embassy
Open-Source
Framework
Gestão de sistemas de informação
Desenvolvimento de software
Tecnologia da informação
Relações internacionais
Portugal
Issue Date: 27-Nov-2017
Citation: SILÁ, Aissatu Zenani Lopes - Towards a conceptual framework for developing embassy portals [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2017. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/15822>.
Abstract: In the past decades, Information and Communication Technologies have significantly changed diplomacy and the way countries manage their international relations through embassies, which are often also responsible for providing a wide range of services to increasingly technology literate citizens. This dissertation proposes a conceptual framework for developing embassy portals, comprised of the following four dimensions: 1) shared infrastructure, 2) integrated platform management, 3) templated content and 4) simplified online services delivery. To prove the feasibility of this conceptual framework, a prototype applied to the Embassy of Guinea-Bissau in Portugal was developed using an open source Content Management System and free Cloud Computing technology. The conceptual framework hereby presented is expected to be of value to governments interested in implementing state-of-the-art portals and websites based on open source technology for their embassies and similar organizations, simultaneously optimizing the resources available and delivering value to their stakeholders.
Nas últimas décadas, as Tecnologias de Informação e Comunicação alteraram significativamente a diplomacia e a forma como os países gerem as suas relações internacionais através de embaixadas, que frequentemente são também responsáveis pela prestação de diversos serviços a um público cada vez mais conhecedor das novas tecnologias. Esta dissertação propõe um modelo conceitual para desenvolver portais para embaixadas, que é composto pelas seguintes quatro dimensões: 1) infraestrutura partilhada, 2) gestão integrada da plataforma, 3) conteúdo pré-definido e 4) prestação de serviços online de modo simplificado. Para comprovar a viabilidade do modelo conceitual proposto, um protótipo aplicado à Embaixada da Guiné-Bissau em Portugal foi desenvolvido com base num Sistema de Gestão de Conteúdos de código aberto ("open source") e com recurso a tecnologias gratuitas na "Cloud". Espera-se que o modelo conceitual aqui apresentado seja de valor para governos que tenham interesse em implementar portais e/ou "websites" modernos e baseados em tecnologias "open source" para as suas embaixadas e organizações de estrutura semelhante, simultaneamente otimizando os recursos disponíveis e melhorando a qualidade do serviço prestado.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/15822
Thesis identifier: 201773104
Designation: Mestrado em Gestão de Serviços e da Tecnologia
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
aissatu_lopes_sila_diss_mestrado.pdf4.87 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.