Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/15758
acessibilidade
Title: O impacto do uso do smartphone no conflito trabalho-família: o papel mediador da recuperação
Authors: Santos, Inês Catarina dos Santos
Orientador: Silva, Sílvia
Costa, Patrícia
Keywords: Novas tecnologias
Vida familiar
Vida profissional
Relação trabalho-família
Telemóvel
Smartphone use
Work-family conflict
Recovery
Psychological detachment
Relaxation
Mastery
Control
Issue Date: 17-Nov-2017
Citation: SANTOS, Inês Catarina dos Santos - O impacto do uso do smartphone no conflito trabalho-família: o papel mediador da recuperação [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2017. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/15758>.
Abstract: O presente estudo pretendeu verificar se a utilização intensiva do "smartphone" para assuntos relacionados com o trabalho fora do horário laboral está de alguma forma relacionada com o conflito trabalho-família. Adicionalmente, colocou-se a hipótese de a recuperação ser uma variável mediadora da relação em causa. Os dados foram recolhidos através da aplicação de um questionário auto-reportado ao qual responderam 121 trabalhadores. No que diz respeito à primeira hipótese colocada, os resultados obtidos foram de encontro a estudos previamente realizados que indicam que quanto mais intensivo for o uso do "smartphone" para assuntos relacionados com o trabalho fora das horas normais de trabalho, maior será a perceção de conflito trabalho-família. Quanto à segunda hipótese, verificou-se que diferentes subdimensões da recuperação revelaram impactos distintos, tendo apenas o relaxamento funcionado como variável mediadora.
The present study aimed to verify if the intensive smartphone use to perform job-related functions during nonwork time is related to the work-family conflict. Additionaly, it was hypothesized that recovery is a mediating variable of the relation in cause. Data were collected through a self-reported questionnaire, which was responded by 121 workers. Regarding the first hypothesis, the obtained results were in agreement with previous studies that indicate that the more intensive the use of smartphone for subjects related to work outside normal working hours, the greater will be the perception of work-family conflict. Taking the second hypothesis into account, it was verified that different subdimensions of recovery revealed different impacts, and only relaxation functioned as a mediating variable.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/15758
Thesis identifier: 201769557
Designation: Mestrado em Gestão de Recursos Humanos e Consultadoria Organizacional
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
ines_santos_gomes_diss_mestrado.pdf955.23 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.