Skip navigation
User training | Reference and search service

Library catalog

EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/15574
acessibilidade
Title: Liberdade artística e mercado
Authors: Costa, Júlio Francisco Ribeiro da
Orientador: Serrão, Vítor Manuel Guimarães Veríssimo
Keywords: Liberdade
Mercado da arte
Valor
Criação artística
Use-value
Exchange-value
Freedom of production
Freedom of exhibition
Issue Date: 21-Dec-2017
Citation: Costa, J. F. R. da (2017). Liberdade artística e mercado [Dissertação de mestrado, Iscte - Instituto Universitário de Lisboa]. Repositório do Iscte. http://hdl.handle.net/10071/15574
Abstract: Esta dissertação visa refletir sobre a liberdade de criação, de produção e de exposição dos artistas face às contingências do mercado de arte contemporâneo no seio do chamado "Artworld", o 'mundo da arte', tal como o definiu e caracterizou Arthur C. Danto (e outros), e no quadro da globalização hodierna. Analisa-se esta secção do mercado na perspetiva das possibilidades e limites que são colocados à liberdade criadora e ao novo estatuto social dos artistas nos nossos dias. Para tal, analisar-se-ão conceitos operativos como o valor de uso, valor de troca, e, de modo geral, o paradigma do sistema da arte contemporânea a um nível teórico e prático, para que a reflexão, necessariamente parcelar, possa ser o mais abrangente possível. Questões de ética, de alienação, de valor de mercadoria, de flutuações de gosto, de critérios de avaliação, e de comportamentos deontológicos nas relações entre mercado e artista, merecem a nossa atenção numa abordagem que, sendo transversal na sua articulação entre o mundo da arte e a criação, não deixará de destacar, em várias perspetivas, os valores que fundamentam o sistema da arte contemporânea nos nossos dias. Trata-se, em síntese, de uma reflexão em torno da posição da obra de arte e dos artistas contemporâneos no vasto mundo da arte influenciado pelo mercado. Concluindo, poderemos afirmar que defender a qualidade é caminho para a liberdade artística.
his dissertation aims to think the artists' freedom of creation, production and exhibition in the contemporary art market within the "Artworld", as defined by Arthur C. Danto (and others), and in the context of the hodiernal globalization. This section of the market is analyzed in the perspective of the possibilities and limitations that are placed on creative freedom and on the new social status of the nowadays’ artists. For this purpose, operational concepts such use-value, exchange-value, and, in general, the paradigm of the contemporary art system will be analyzed at theoretical and practical level, so that the reflection, necessarily parceled out, can be as intelligible as possible. Questions of ethics, alienation, commodity value, fluctuations of taste, evaluation criteria, and deontological behavior in the relations between market and artist deserve our attention in an approach that, being transversal in its articulation between the world of art and creation, will not fail to highlight, in various perspectives, the values that ground the contemporary art system in our days. In summary, it is a reflection on the position of the work of art and contemporary artists in the vast world of art influenced by the market. In conclusion, we can say that defending the quality is the way to artistic freedom.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/15574
Thesis identifier: 201791870
Designation: Mestrado em Mercados da Arte
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
master_julio_ribeiro_costa.pdf920.78 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.