Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/1531
acessibilidade
Title: Um Modelo de Escalonamento Multi-Agente na Empresa Estendida
Authors: Reis, Joaquim
Orientador: Mamede, Nuno João Neves
O’Neill, Henrique José Rocha
Issue Date: 2000
Citation: REIS, Joaquim - Um Modelo de Escalonamento Multi-Agente na Empresa Estendida [Em linha]. Lisboa, Portugal : Departamento de Ciências e Tecnologias da Informação do ISCTE, 2000. 464 f. Tese de doutoramento. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:< http://hdl.handle.net/10071/1531>. ISBN 978-989-732-033-0.
Abstract: Este trabalho descreve um modelo de escalonamento de tarefas logísticas no contexto da cadeia de fornecimento (supply chain) de produção e distribuição, numa perspectiva multi-agente de Inteligência Artificial Distribuída e assumindo o enquadramento Empresa Estendida. O escalonamento, ou scheduling, convencionalmente definido como o problema da afectação de recursos no tempo a um conjunto de tarefas a realizar de forma coordenada e tradicionalmente limitado ao contexto das actividades produtivas intra-empresa, é estendido a um contexto inter-empresa, ou inter-organizacional. O modelo desenvolvido é organizado em dois níveis: o nível físico e o nível virtual. No nível físico modelam-se aspectos interessantes para o escalonamento convencional, nomeadamente tempo, capacidade, recursos e tarefas de produção e distribuição, enquadrados no contexto da cadeia de fornecimento cooperativa. O nível virtual é um nível de decisão e contém agentes que representam as empresas participantes na cadeia. Os agentes são responsáveis por gerir o tempo e a capacidade dos recursos do nível físico, estão interligados por relações cliente-fornecedor e podem comunicar entre si. Resumidamente, no nível físico ocorrem tarefas e fluxos de produtos através dos recursos da cadeia e de, e para, o exterior da cadeia; no nível virtual ocorrem fluxos de informação para controlo e coordenação das tarefas e fluxos de produtos pelos agentes. É definido um protocolo de interacção de alto nível entre os agentes do nível virtual do modelo, apropriado para escalonamento multi-agente. É também proposto um mecanismo de coordenação específico que permite, a cada agente, localmente percepcionar restrições temporais globais rígidas de problemas de escalonamento. Este mecanismo é integrado no protocolo de interacção de alto nível e permite identificar problemas de escalonamento temporalmente super-constrangidos e orientar e limitar a actividade de re-escalonamento. Mostram-se resultados de aplicação do modelo desenvolvido, assumindo certas restrições. Os resultados são apresentados através de exemplos que demonstram a aplicação do mecanismo de coordenação para escalonamento multi-agente acima referido.
URI: http://hdl.handle.net/10071/1531
Thesis identifier: 101104189
ISBN: 978-989-732-033-0
Designation: Doutoramento em Ciências e Tecnologias da Informação
Appears in Collections:T&D-TD - Teses de doutoramento
CTI-TD - Teses de doutoramento

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Tese Doutoramento Joaquim Reis.pdf4.91 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.