Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/15301
Full metadata record
acessibilidade
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorPedroso, Paulo-
dc.contributor.authorSilva, Carla Alexandra Oliveira da-
dc.date.accessioned2018-02-28T17:42:46Z-
dc.date.available2018-02-28T17:42:46Z-
dc.date.issued2017-12-07-
dc.date.submitted2017-10-
dc.identifier.citationSILVA, Carla Alexandra Oliveira da - Nada de novo?: o discurso sobre a crise como dimensão da competição partidária [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2017. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/15301>.pt-PT
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10071/15301-
dc.description.abstractEsta pesquisa pretende compreender potenciais efeitos exercidos pela entrada de um novo assunto na agenda política - a crise - nas dinâmicas de competição partidária, uma vez que esta traduz a dimensão de interação dos sistemas partidários, permitindo, simultaneamente, observar as posições estrategicamente assumidas que cada um dos partidos e os seus efeitos sistémicos. A análise empírica foi orientada para a obtenção de respostas sobre a forma como os partidos parlamentares se apropriaram do novo assunto na agenda. Para tal, a observação segmentou-se da seguinte forma: i) a posições individualmente assumidas pelos partidos parlamentares sobre as causas de crise; ii) as propostas de solução individualmente apresentadas por cada um dos partidos; iii) as relações, de cooperação e de concurso, que consideraram ser as mais adequadas a desenvolver na situação excecional que a crise representa. Verificou-se que a linha principal de clivagem do sistema partidário português se manteve inalterada, ou seja, a disputa do governo entre PS e PSD, não tendo surgido novas linhas de clivagem. O fator exógeno "crise" foi absorvido, de forma individual, por cada um dos partidos do sistema, não introduzindo alterações significativas na sua estratégia de competição. A polarização de posições, mesmo quando ancorada na valoração normativa das medidas, foi suficientemente clara para que se mantivesse a decidability of the offer. Este facto, denota capacidade de adaptação dos partidos ao novo contexto, apesar da excecionalidade do assunto, tendo estes desenvolvido as estratégias de apropriação que consideraram ser as mais adequadas aos seus objetivos Palavras-chave: Partidos políticos; Competição partidária; Issue Ownership; Sistemas partidários.por
dc.description.abstractThis research aims at understanding the potential effects exerted by the introduction of a new subject in the political agenda - the crisis - over the dynamics of competition of political parties, as this competition embodies the interactional dimension of party systems, allowing simultaneously to observe the strategically assumed positions that of each party and its systemic effects. The empirical analysis was designed to inquire on the way in which the parliamentary parties appropriated the new topic of the agenda. The observation was thus segmented as follows: i) individual positions taken by the parliamentary parties on the causes of crisis; (ii) individually submitted proposals for a solution; (iii) the cooperation and competition relations which they considered to be the most suitable to develop in the exceptional situation of crisis.ii It was verified that the main line of cleavage of the Portuguese party system remained unchanged, that is, the government dispute between PS and PSD, and no new lines of cleavage emerged. The exogenous "crisis" factor was absorbed, individually, by each party of the system, without significant changes in its competition strategy. The polarization of positions, even when anchored in the normative assessment of the measures, was sufficiently clear to maintain the decidability of the offer. This fact denotes the parties' ability to adapt to the new context, despite the exceptionality of the subject, and they have developed the appropriation strategies that they considered to be the most adequate to their objectives.por
dc.language.isoporpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectCiência políticapor
dc.subjectPartidos políticospor
dc.subjectSistema partidáriopor
dc.subjectCrisepor
dc.subjectDiscursopor
dc.subjectPortugalpor
dc.subjectPolitical partiespor
dc.subjectParty competitionpor
dc.subjectIssue Ownershippor
dc.subjectParty systemspor
dc.titleNada de novo?: o discurso sobre a crise como dimensão da competição partidáriapor
dc.typemasterThesispor
dc.peerreviewedyespor
dc.identifier.tid201778106por
dc.subject.fosDomínio/Área Científica::Ciências Sociais::Ciências Políticaspor
thesis.degree.nameMestrado em Ciência Políticapor
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Dissertação Carla Oliveira 1-11-17.pdf1.66 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.