Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/14808
acessibilidade
Title: Sociabilidades, laços e redes de vizinhança: "Quintais com Vida"
Authors: Garcia, Maria de Fátima dos Santos Pimenta
Orientador: Cardoso, Maria Júlia
Keywords: Serviço social
Envelhecimento
Integração social
Vizinhança
Agricultura urbana
Qualidade de vida
Portugal
Aging
Ties
Neighborhood Networks
Urban agriculture
Issue Date: 20-Nov-2017
Citation: GARCIA, Maria de Fátima dos Santos Pimenta - Sociabilidades, laços e redes de vizinhança: "Quintais com Vida" [Em linha]. Lisboa: ISCTE-IUL, 2017. Dissertação de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/14808>.
Abstract: Nas últimas décadas surgiram várias alterações sociais, com mudanças de comportamento nas famílias e suas perspetivas de futuro. As alterações demográficas, nomeadamente o envelhecimento da população, provocou maior atenção, estudo e análise sobre as questões relacionadas com o envelhecimento. O isolamento, e outras formas de exclusão social vividas por muitas pessoas idosas, determinam o nível de desenvolvimento de uma sociedade onde o envelhecimento seja vivido com mais qualidade de vida. Superar ou contornar esta falta de “laços” significa apostar em tentativas de integração social, fomentando o envelhecimento ativo para o equilíbrio biopsicossocial destes idosos, retratando-se a agricultura urbana uma oportunidade de participação social, fuga à solidão e um estímulo aos laços de solidariedade e sentimentos de pertença social, aproximando gerações. As redes de vizinhança também podem sair fortalecidas com as práticas de agricultura urbana, pois a vivência quotidiana, por utilização de espaços comuns, potencia, cria e fortalece vínculos que reforçam o sentimento de pertença. Ainda que, como atividade de lazer, a agricultura urbana transforma quotidianos, pois integra e nesse sentido, as hortas urbanas unem pessoas, bairros e a cidade. A chave para uma boa velhice passa pela manutenção de níveis elevados de atividade, participação social e manutenção das relações de parentesco e amizade. Esta manutenção das relações sociais e a prática de atividades produtivas submete para a qualidade de vida, bem-estar subjetivo e satisfação de viver, sendo a promoção da qualidade de vida dos idosos a ambição deste projeto.
In the last decades several social changes appeared, with changes of behavior in the families and their perspectives of future. Demographic changes, notably the aging of the population, have led to increased attention, study and analysis on aging issues. The isolation and other forms of social exclusion experienced by many elderly people determine the level of development of a society where aging is lived with a better quality of life. Overcoming or avoiding this lack of "ties" means betting on attempts at social integration, fostering active aging for the biopsychosocial balance of these elderly, portraying urban agriculture as an opportunity for social participation, escape from loneliness and a stimulus to solidarity bonds and feelings of social belonging, bringing generations closer together. Neighborhood networks can also be strengthened by urban agriculture practices, because daily living, through the use of common spaces, creates and strengthens ties that reinforce the sense of belonging. Although, as a leisure activity, urban agriculture transforms everyday life, since it integrates and in this sense, the urban gardens unite people, neighborhoods and the city. The key to a good old age is the maintenance of high levels of activity, social participation and maintenance of relationships of kinship and friendship. This maintenance of the social relations and the practice of productive activities submits to the quality of life, subjective well-being and satisfaction of living, being the promotion of the quality of life of the elderly the ambition of this project.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10071/14808
Thesis identifier: 201761920
Designation: Mestrado em Serviço Social
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
Sociabilidades, laços e redes de vizinhança - Quintais com V.pdf3.88 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.