Skip navigation
Logo
User training | Reference and search service

Library catalog

Retrievo
EDS
b-on
More
resources
Content aggregators
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/10071/1460
acessibilidade
Title: O Impacto da Prisão na Conjugalidade
Authors: Carmo, Isabel Maria Nobre do
Orientador: Torres, Anália Cardoso
Keywords: Prisão
Família
Conjugalidade e Custos Sociais
prison
family
conjugality
social costs
Issue Date: 2009
Citation: CARMO, Isabel Maria Nobre do – O Impacto da Prisão na Conjugalidade [Em linha]. Lisboa: ISCTE, 2009. Tese de mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10071/1460>.
Abstract: A presente tese baseia-se numa pesquisa sobre O impacto da prisão na conjugalidade, efectuada entre 2005 e 2008 para a obtenção do grau académico de mestre com a orientação da Professora Doutora Anália Cardoso Torres. Partiu-se do pressuposto que o cumprimento de uma pena de prisão, ao implicar afastamento de contextos de relacionamento familiar e de intimidade, a potencial desorganização de condições de existência e alteração de rotinas de vida e uma potencial estigmatização social, tem implicações não apenas para o condenado mas também para o núcleo familiar onde este se integra. Assim sendo, formulou-se a hipótese de que a execução da pena de prisão produz efeitos perturbadores na coesão conjugal, ao nível das dimensões identitária, relacional e antroponómica da conjugalidade. Esta hipótese baseia-se numa perspectiva sociológica da conjugalidade como relação social, e decorre da conceptualização proposta por Torres (2002). Perante os objectivos da investigação, foram seleccionados dez casais de nacionalidade portuguesa, constituídos na base de uma relação conjugal ou equiparada (união de facto), com o elemento masculino a cumprir uma pena de prisão efectiva nos Estabelecimentos Prisionais de Vale de Judeus e de Alcoentre, à data do estudo. A recolha de informação foi efectuada com recurso a uma entrevista semi-directiva, estruturada em função de temas decorrentes das dimensões que estruturam o modelo de análise do estudo.
This thesis is based in a research about The impact of prison in the Conjugality performed between 2005 and 2008 to obtain the academic degree of master with the orientation of the Professor Anália Cardoon Torres. We start from the presupposing that the fulfillment of a prison penalty, which implicates a distance from contexts of familiar relationships and intimacy, the potential disorganization of existence and modifications of daily routines and a possible social stigmatization, has implications not only for the condemned one but also to the familiar nucleus where he is integrated. So, we have formulated the hypothesis that the fulfillment of the prison penalty produces perturbation effects in the conjugal cohesion on the level of the identity, relational and anthroponomical dimension of conjugality. This hypothesis is based in a sociologic perspective of conjugality as social relation and elapses from the conceptualization proposed by Torres. (2002) Towards the objective’s investigation were selected ten couples of Portuguese nationality constituted in a base of a conjugal relation or similar (factual union) with the masculine element in fulfillment of penalty in the prison establishments in Vale de Judeus and Alcoentre on the date of the study. The information’s recovery was done having as a resource to a semi directive interview structured having in mind the decurrent subjects of the dimensions that structure the analysis’s model of the study.
URI: http://hdl.handle.net/10071/1460
Designation: Mestrado em Família e Sociedade
Appears in Collections:T&D-DM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
acessibilidade
File Description SizeFormat 
dissertao - enquadramento terico.pdf635.53 kBAdobe PDFView/Open
dissertao - capa.pdf41.75 kBAdobe PDFView/Open
dissertao - ndice.pdf97.91 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.